'São todos brancos contra os pretos. E eu sou meio preto': leia entrevistas de Caetano Veloso desde 1966

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Para celebrar o aniversário de 80 anos de Caetano Veloso, O GLOBO selecionou num e-book 15 entrevistas publicadas com o cantor desde 1966. São textos que mostram a evolução do pensamento de um dos mais representativos artistas da História. Logo na primeira, ele analisava o sucesso do "grupo de baianos" que começava a tomar o Brasil, entre eles Gilberto Gil, Maria Bethânia e o próprio Caetano. "Começo a sentir os primeiros sintomas de uma nova virada. Ela está para acontecer, não tenham dúvidas", disse.

Nos anos seguintes, Caetano falou de racismo, criticou os críticos, afirmou sua certeza na dúvida, tratou de política e, como poucos, analisou os rumos do país.

O e-book "Caetano Veloso — Ideias além da música" está disponível gratuitamente para assinantes do GLOBO.

Se você é assinante, pode baixar o e-book aqui.

Se você não é assinante, leia o trecho do e-book aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos