Safra anuncia a compra do banco Alfa por R$ 1,03 bilhão

O Banco Safra anunciou que firmou acordo para a compra da totalidade das ações do conglomerado financeiro Alfa por R$ 1,03 bilhão. O anúncio foi feito de forma conjunta entre as duas instituições, que estão entre as mais tradicionais do segmento financeiro no país.

Praticidade: Pix supera uso do cartão de crédito, mostra pesquisa do Banco Central

As ações do Banco Alfa pertencem à Administradora Fortaleza. Com quase 100 anos de história, o conglomerado financeiro Alfa teve origem com a fundação do Banco da Lavoura de Minas Gerais, em 1925. A instituição foi renomeada como Banco Real na década de 1970.

Após a venda do Real aos holandeses do ABN Amro, em 1998, o banqueiro Aloysio de Andrade Faria criou o Alfa, com ampla oferta de serviços financeiros como seguros, private banking, corporate e wealth management no Brasil.

Já o banco Safra faz parte do Grupo J. Safra, fundado pelo banqueiro Joseph Safra. O banco tem 10,5 mil colaboradores e atuação nos segmentos pessoa física e jurídica.

A instituição possui patrimônio líquido de R$ 15,5 bilhões, total de ativos de R$ 270 bilhões e recursos captados e administrados de R$ 300 bilhões. O Safra faz parte da história de uma família que atua no segmento financeiro há mais de 180 anos e está presente em 27 países.

David Safra afirmou em comunicado que a transação é um marco na história do banco no Brasil. Serão beneficiados clientes, funcionários e acionistas do conglomerado financeiro Alfa e do Banco Safra.

"Compartilhamos valores, visão de longo prazo e paixão por trabalhar, isso nos dá enorme confiança na sintonia e sucesso dessa operação”, informa a nota.

Já Fábio Amorosino, CEO do conglomerado financeiro Alfa disse que em comunicado trata-se de um negócio histórico para o mercado financeiro do Brasil.

"Temos a convicção de que a operação entre os dois bancos seculares, fruto de trajetórias empreendedoras de sucesso e baseados em valores comuns, potencializará a qualidade, perenidade e excelência que sempre oferecemos aos nossos clientes e colaboradores”, afirmou Amorosino.

O presidente do Banco Safra, Silvio de Carvalho, afirmou que a aquisição marca um novo capítulo da história do banco.

Rothschild & Co e Mattos Filho atuaram como assessores financeiro e legal da Administradora Fortaleza. Pelo Banco Safra a assessoria financeira foi do J.Safra Investment Banking e a assessoria legal foi do Pinheiro Neto Advogados.