Saiba com qual pontuação o Palmeiras garante o título do Brasileirão 2022

Palmeiras faz contas para poder garantir o título brasileiro sem depender de tropeços (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


O Palmeiras está na liderança do Brasileirão há quase 20 rodadas, sendo hoje o clube com mais chances de conquistar a competição. No entanto, para os torcedores, jogadores e comissão técnica, o título ainda está longe de ser conquistado. Isso porque restam 11 rodadas para o término do campeonato e faltam muitos pontos para que o time possa atingir a pontuação "segura" para pegar o troféu.

GALERIA
> Veja a validade do contrato dos jogadores do elenco do Palmeiras
> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

Atualmente, o Verdão ostenta 57 pontos, oito a mais do que o vice-líder, que é o Internacional. A vantagem dá pelo menos duas rodadas de margem para o time de Abel Ferreira, o que significa uma certa tranquilidade, mas nada que tropeços seguidos não possam colocar todo a campanha a perder. Por isso, toda cautela é necessária e as contas já estão sendo feitas para buscar uma pontuação alvo.

Neste cenário atual, o Colorado chegaria a no máximo 82 pontos caso vença todas as 11 rodadas que tem pela frente. Dessa forma, o Palmeiras seria campeão a partir do momento que chegar aos 83 pontos, um a mais do que o máximo que os gaúchos podem atingir.

Acontece que essa pontuação também vive num patamar hipotético, já que para chegar nela o Verdão teria que ter um aproveitamento de 78,8% dos pontos que disputar daqui para frente, ou seja, 26 dos 33 possíveis. Para se ter uma ideia, com toda essa boa campanha que o Alviverde tem construído, o aproveitamento é de 70,4% dos pontos.

Vale destacar que essa pontuação segura que garante o título pode diminuir ao longo das próximas rodadas, já que os concorrentes podem tropeçar e, com isso, o máximo do Inter ou de outro time seria menor do que 82, permitindo aos comandados de Abel que o objetivo não seja tão distante quanto está atualmente.

Se focar nessa condição em que não dependeria de tropeços dos rivais para abrir vantagem, o Palmeiras precisaria de nove vitórias em 11 partidas, fazendo pelo menos 27 pontos e não seria mais alcançado. Em outro cenário, precisaria vencer oito jogos e empatar pelo menos dois para chegar aos 26 pontos desejados para a taça.

Caso o Alviverde consiga sete vitórias nos 11 jogos, não seria mais possível atingir os 26 pontos mesmo se empatar os outros quatro, já que chegaria a, no máximo, 25, empatando com o máximo do Internacional, que chegaria a 82 e poderia passar pelo número de triunfos (24 x 23). Sem contar que os times se enfrentam na última rodada, em Porto Alegre, o que poderia ser a decisão do título.

Assim, é bem difícil falar em "já ganhou", uma vez que a pontuação que garantiria matematicamente o título ainda está longe de ser atingida. Por isso, o discurso "pés no chão" do palmeirense não é da boca para fora. Se não quiser depender dos vacilos alheios, a equipe terá de fazer uma reta final quase perfeita em termos de resultados.

PONTUAÇÃO MÁXIMA DO G6 DO BRASILEIRO

1) Palmeiras - 57 pontos (chegaria a 90 pontos no máximo)
2) Internacional - 49 pontos (chegaria a 82 pontos no máximo)
3) Fluminense - 48 pontos (chegaria a 81 pontos no máximo)
4) Flamengo - 45 pontos (chegaria a 78 pontos no máximo)
5) Corinthians - 44 pontos (chegaria 77 pontos no máximo)
6) Athletico-PR - 44 pontos (chegaria a 77 pontos no máximo)