Vacinação dos professores em SP começa em 12 de abril; saiba mais

·2 minuto de leitura
Governor João Doria announces new measures to intensify the fight against the new coronavirus (Covid-19) in the State of São Paulo, this Monday, October 5, 2020 at the Palácio dos Bandeirantes in the neighborhood of Morumbi, south zone of São Paulo, Brazil. In the photo, the Secretary of Education, Rossieli Soares. (Photo: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Sipa USA)(Sipa via AP Images)
Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares, anunciou início da vacinação dos professores em São Paulo (Foto: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Sipa USA)(Sipa via AP Images)
  • Professores começarão a ser vacinados a partir de 12 de abril

  • Policiais também serão vacinados, a partir de 5 de abril

  • SP já aplicou 4,9 milhões de doses do imunizante contra a covid-19

Em todo o estado de São Paulo, professores começarão a ser vacinados contra o coronavírus a partir de 12 de abril. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (24) pelo governador João Doria e pelo Secretário de Educação do estado, Rossieli Soares. 

Inicialmente, a vacinação será para profissionais da educação a partir dos 47 anos. 

A partir de 12 de abril, começarão a ser vacinados profissionais de educação a partir de 47 anos (Foto: Reprodução)
A partir de 12 de abril, começarão a ser vacinados profissionais de educação a partir de 47 anos (Foto: Reprodução)

Leia também:

"Começamos a vacinar 350 profissionais da educação que atual da creche ao ensino médio no estado de São Paulo. Nessa primeira etapa da de vacinação dos profissionais da educação, serão imunizados 35o mil professores, diretores de escolas, inspetores de alunos e profissionais que trabalham na rede estadual, rede municipal e rede privada", detalhou Doria.

A vacinação era uma demanda dos professores para que as aulas presenciais pudessem ser retomadas com maior segurança. 

"Educação é essencial, é fundamental para a sociedade, a única coisa que vai realmente mover a nossa sociedade para outro patamar", disse Rossieli Soares. Segundo o Secretário, o índice de crianças alfabetizadas ao final do primeiro ano do ensino fundamental caiu de 56% antes da pandemia para menos de 21%. "Este número traz, ainda em si, mais desigualdades. Porque os que estão aprendendo não são os que mais precisam." 

A demanda de contracheques para professores da rede provada é para evitar uma "corrida de profissionais sendo contratados", explicou o secretário. 

A partir de 12 de abril, começarão a ser vacinados profissionais de educação a partir de 47 anos (Foto: Reprodução)
A partir de 12 de abril, começarão a ser vacinados profissionais de educação a partir de 47 anos (Foto: Reprodução)

Vacinação em São Paulo

Até esta quarta-feira, o estado de São Paulo aplicou 4,98 milhões de pessoas contra a covid-19. Nesta manhã, o Instituto Butantan, que produz a Coronavac, entregou mais 2 milhões de doses ao Ministério da Saúde.

Atualmente, estão sendo vacinados idosos entre 72 e 74 anos. Na próxima sexta (26), começará a imunização de idosos entre 69 e 71 anos.

Além dos idosos, já foram vacinados profissionais de saúde que estão na linha de frente de todas as idades. Também puderam ser imunizados médicos autônomos de mais de 60 anos.

Situação das escolas

O estado de São Paulo está na fase emergencial desde 15 de março. A medida vale, inicialmente, até 30 de março. Durante o período, as escolas estaduais tiveram o recesso adiantado e estão fechadas. A Secretaria de Educação recomendou aos municípios e às escolas particulares que seguissem a mesma medida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos