Saiba em quem Paulo Sousa, ainda como técnico da Polônia, votou para melhor do mundo no Fifa The Best

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Antes de trocar o comando da seleção da Polônia pelo Flamengo, Paulo Sousa participou da votação do prêmio The Best, da Fifa, e escolheu Robert Lewandowski como o melhor jogador do mundo na temporada 2020/21. Tendo o voto do ex-comandante, o centroavante polonês do Bayern de Munique (ALE) foi premiado pela Fifa pelo segundo ano seguido. O argentino Lionel Messi, do PSG (FRA) e o egípcio Mohamed Salah, do Liverpool (ING) completaram o pódio.

Paulo Sousa, por sua vez, votou em Jorginho e em N'Golo Kanté, ambos do Chelsea (ING), para a segunda e terceira posição, respectivamente. Os dois meias entraram na seleção do ano da Fifa, também divulgada nesta segunda.

Para a premiação dos técnicos, o atual treinador do Flamengo votou em Thomas Tuchel (1º), do Chelsea (ING), Hansi Flick (2º), do Bayern de Munique (ALE), e Roberto Mancini, da Itália. Os premiados no The Best, da Fifa, foram Thomas Tuchel, Roberto Mancini e Pep Guardiola, respectivamente.

Entre os goleiros, Paulo Sousa escolheu Manuel Neuer, do Bayern de Munique, Gianluigi Donnarumma, do PSG, e Kasper Schmeichel, do Leicester (ING), respectivamente. Os premiados foram Édouard Mendy, do Chelsea, Gianluigi Donnarumma e Manuel Neuer.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos