Saiba quais cidades terão transporte público gratuito no segundo turno

Todas as 26 capitais do país terão transporte público gratuito para a votação de domingo (30), quando será realizado o segundo turno das eleições. Além delas, Rio Branco, capital do Acre, oferecerá tarifa zero de forma parcial, apenas no retorno para casa, mediante comprovante de votação. A medida pode ser vista como um esforço para reduzir o número de abstenção no domingo.

Faça o teste: você tem mais a ver com Lula ou Bolsonaro?

Acompanhe: veja apuração dos votos em tempo real nas Eleições 2022

Com a adesão, o número de eleitores que poderão ser beneficiados pela gratuidade nos transportes públicos nas capitais brasileiras dobrou. Alguns dos maiores colégios eleitorais do Brasil vão implementar pela primeira vez às passagens de graça, entre elas São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Belém (PA) e Recife (PE).

Em Belo Horizonte, a Advocacia-Geral do Estado de Minas Gerais (AGE-MG) confirmou que vai acatar a decisão judicial que determina que as catracas sejam liberadas no próximo domingo na capital e na região metropolitana. Na decisão da juíza Janete Gomes Moreira também ficou estabelecido que o serviço coletivo de passageiros seja mantido em níveis normais, sem qualquer tipo de redução. Em caso de descumprimento, poderá ser aplicada multa.

Trabalho no dia da eleição: Plantão pode me impedir de votar? Tempo na fila pode ser descontado?

No primeiro turno, apenas 15 capitais ofereceram gratuidade no dia de votação, entre elas Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS) e Salvador (BA). Outras duas, Cuiabá (MT) e Natal (RN), instituíram tarifas sociais, mais baratas.

Entenda: confira qual é o valor da multa por não votar e como pagar no segundo turno

Agora, o estímulo contra a abstenção está garantido a prefeitos e governadores de todo o país que decidirem adotá-lo, depois de o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definir, na última terça-feira, que eles não serão penalizados pela Lei de Responsabilidade Fiscal se empregarem recursos públicos para custear as passagens. Em sentido semelhante, na semana passada o Supremo Tribunal Federal (STF) também tinha formado maioria para manter a autorização à oferta da gratuidade nas eleições.

Veja quais cidades terão transporte público total ou parcial no domingo por estado

Acre (AC): Rio Branco

Alagoas (AL): Maceió

Amapá (AP): Macapá, Santana e Mazagão

Amazonas (AM): Manaus

Bahia (BA): Salvador, Lauro de Freitas e Jequié

Ceará (CE): Fortaleza e região metropolitana, Região Metropolitana Cariri e Sobral

Distrito Federal (DF): Brasília

Espírito Santo (ES): as cidades de Vitória, Serra, Cariacica, Guarapari, Vila Velha e Fundão

Goiás (GO): Abadia de Goiás, Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Caturaí, Goianápolis, Goiânia, Goianira, Guapó Hidrolândia, Nova Fátima, Nerópolis, Nova Veneza, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Terezópolis e Trindade

Maranhão (MA): São Luis

Mato Grosso (MT): Cuiabá,Tangará da Serra, Nova Olímpia, Sorriso, Rondonópolis e Lucas do Rio Verde

Mato Grosso do Sul (MS): Campo Grande, Dourados e Corumbá

Minas Gerais (MG): Belo Horizonte, Contagem, Nova Lima, Uberlândia, Uberaba, Juiz de Fora, Nova União e Taquaraçu de Minas

Pará (PA): Belém

Paraíba (PB): João Pessoa e Campina Grande

Paraná (PR): Curitiba, Aapucarana e Maringá

Pernambuco (PE): Recife e Petrolina

Piauí (PI): Teresina

Rio de Janeiro (RJ): além da capital da cidade, Niterói, Angra dos Reis, Queimados e Petrópolis

Rio Grande do Norte (RN): Grande Natal, Assú, Apodi, Messias Targino, Janduís, Lajes, Caraúbas, Campo Grande, Paraú, Triunfo Potiguar, Mossoró e Angicos

Rio Grande do Sul (RS): Porto Alegre, Caxias do Sul, Canoas, Pelotas, Santa Maria, Gravataí, São Leopoldo, Viamão, Passo Fundo, Santa Cruz do Sul

Rondônia (RO): Porto Velho

Roraima (RR): Boa Vista

Santa Catarina (SC): Florianópolis

São Paulo (SP): São Paulo, São Carlos, Araraquara, Araras, Mococa, Matão e São João da Boa Vista, Jacareí, Santo André, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Franco da Rocha, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santa Isabel, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista, Barretos

Sergipe (SE): Aracaju e São Cristóvão

Tocantins (TO): Palmas