Saiba quais itens da Copa do Mundo são sucesso no comércio carioca

Seja para comemorar o gol, pintar o rosto, decorar a rua, a varanda ou o local de trabalho, os itens da Copa do Mundo já enfeitam as ruas do comércio carioca de verde e amarelo e arrancam sorrisos de consumidores esperançosos de ver a seleção brasileira levantar a taça do Hexa. Na Saara, região de comércio popular no Centro do Rio, as vendas de itens temáticos do Brasil começaram em setembro, mas foi no fim de outubro, a um mês do torneio, que bombou de vez.

Dentre os adereços à venda há preços especiais para o atacado. Na maioria das lojas, essas condições são válidas a partir de três itens do mesmo produto ou seis unidades de artigos diferentes. Confira abaixo uma seleção de mercadorias para agradar a todos os tipos de torcedores.

Jogo do Brasil sem uma bandeira pendurada não é jogo. Na loja Bijouterias Kacy, na Rua Senhor dos Passos, há bandeiras de diversos tamanhos, mas o sucesso de vendas é a dupla de 14cmx21cm, apropriada para ser afixada em motocicletas. O modelo sai a R$ 18 no varejo ou R$ 14,90 no atacado.

De arcos a presilhas, os acessórios femininos para enfeitar os cabelos também são os itens do momento na Saara. Os modelos de laços em tic-tac saem por R$ 8 no varejo ou R$ 6,50 no atacado, mas também há opções por R$ 5 no varejo ou R$ 3,90 no atacado. Já os arquinhos decorados custam R$ 8 no varejo ou R$ 6,50 no atacado.

As bandeirolas prontas para serem penduradas são os itens mais buscados pelos torcedores — e têm se esgotado rapidamente. A boa notícia é que logo há uma reposição nas prateleiras. Há a opção de um conjunto com duas faixas de 5m de comprimento cada por R$ 36 no varejo, saindo a R$ 29,90 no atacado.

Em um ano de Copa encostada no verão, algo inédito para os brasileiros, proteger a cabeça do sol é importante, mas se torna uma diversão a mais com os chapéus temáticos, que custam em torno de R$ 24 no varejo ou R$ 19,90 no atacado.

Os bonés, por sua vez, carregam uma curiosidade: segundo os vendedores da Saara, são disparo o produto favorito dos turistas, que provam que não é preciso nascer por aqui para demonstrar a verdadeira paixão pela Seleção Brasileira. Há também as bandanas para amarrar na cabeça, a R$ 3,50.

Pintar o rosto para torcer no futebol se tornou uma prática universal. As cores do Brasil, no entanto, são únicas: a combinação de azul, verde e amarelo podem ser encontradas em um produto só, feito especialmente para o torcedor entrar no clima. Na loja Brinkmania, também na Rua Senhor dos Passos, o kit com três tintas apropriadas para a pele sai por R$ 8,50.

Cobrir-se com a bandeira do Brasil é um clássico nos estádios, mas já pensou em uma bandeira projetada para virar uma túnica? O modelo que se encaixa nos braços sai por R$ 12 no varejo ou R$ 10 no atacado. O colar de flores, um charme extra, custa R$ 3,50. A grande vuvuzela sanfonada fica por R$ 28.