Saiba qual a melhor forma de gastar o seu 13º salário

Letycia Cardoso
Com dinheiro do 13º salário, prioridade é pagar as contas em aberto

A primeira parcela do 13º salário — valor extra pago a trabalhadores formais referente ao período trabalhado no ano — deve ser paga na próxima sexta-feira, dia 29, mesmo dia que acontece a Black Friday, megaliquidação mundial. Embora a tentação de comprar produtos com desconto seja grande, especialistas alertam que há outras prioridades para o uso desse dinheiro.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

Para quem tem dívidas, por exemplo, renegociar e quitar valores em aberto é a primeira providência a tomar, porque os altos juros do cheque especial e do rotativo do cartão de crédito fazem as despesas se multiplicarem. No entanto, se o 13º não é suficiente para pagar todas as contas atrasadas, é preciso definir estratégias:

Leia também

— Faça um escalonamento e comece a pagar as dívidas menores. Feito isso, renegocie as demais e só aceite parcelas que caibam em seu orçamento — recomendou o professor do curso a distância de Ciências Econômicas da Unicesumar, Sidnei Silvério da Silva.

Se a conta está no azul, é melhor se prevenir e guardar dinheiro para as despesas futuras, como as típicas de início de ano: IPTU, IPVA, matrícula escolar, material didático e uniforme. Para isso, o professor recomenda ter uma reserva de emergência:

— Como o rendimento da poupança está baixíssimo, recomendo guardar o dinheiro no Tesouro Direto Selic, em contas digitais que garantem rendimento de 100% do CDI ou em outro investimento com liquidez diária.

Porém, se mesmo assim o trabalhador desejar usar o dinheiro para presentear amigos e familiares no Natal, o especialista em educação financeira da Creditas, Otavio Machado, sugere escolher opções mais baratas:

— Se você tiver algum dom ou talento, também vale fazer algo mais caseiro, e se tiver alguém que deseja muito presentear com algo mais caro, aproveite os descontos, como as promoções da Black Friday. Mas fique de olho no histórico de preços dos produtos para ter certeza de que o desconto é real.

O educador financeiro também ressalta a importância de juntar dinheiro para imprevistos.

— Tudo bem pegar parte do 13º salário para comprar presentes para os familiares, mas é importante guardar uma parte e cultivar esse hábito — aconselhou.

Confira as dicas para melhor usar o dinheiro

Para quem tem dívidas

O primeiro passo é renegociar e quitar os valores em aberto.

Compras

Não caia na tentação de sair comprando produtos, mesmo que estejam com bons descontos. Pense bem sobre a necessidade dessas compras.

Se o dinheiro não for suficiente para pagar as contas atrasadas

É preciso começar pelas dívidas menores. Depois, renegocie as demais e só aceite parcelas que caibam no orçamento.

Se já está no azul

Guarde dinheiro para despesas futuras, como as típicas de início do ano (IPTU, IPVA, matrícula escolar e material didático).

Compra de presentes

Se o trabalhador deseja usar o dinheiro para presentear amigos e familiares no Natal, é preciso ir nas opções mais baratas.