Saiba quem é Ana Moser, escolhida para comandar o Ministério do Esporte

O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), anunciou nesta quinta-feira que a ex-jogadora de vôlei Ana Beatriz Moser será a nova ministra do Ministério do Esporte, pasta que será recriada a partir de janeiro. Ex-integrante da seleção brasileira e medalhista olímpica, ela tem 54 anos e não é filiada a nenhum partido político.

Ana Moser integrou o time que levou a primeira medalha olímpica no vôlei feminino, em 1996, nos Jogos de Atlanta, nos Estados Unidos, quando o Brasil levou bronze. Cinco anos depois, ela fundou o Instituto Esporte e Educação, uma organizacão não-governamental que busca difundir o esporte e que já atendeu mais de 6 milhões de crianças no país. Ela dirige a ONG até hoje.

Durante o governo de Jair Bolsonaro, o Ministério do Esporte foi extinto, e uma secretaria especial para o tema foi criada sob o guarda-chuva do Ministério da Cidadania. Em governos anteriores do PT, a pasta foi comandada pelo PCdoB, que deve preencher cargos de segundo escalão no ano que vem.

Em novembro, Moser foi indicada pelo futuro governo para compor o grupo técnico dedicado aos temas relacionados ao Esporte na equipe de transição. Seu nome para o ministério surgiu a partir de uma vontade do presidente eleito Lula de manter uma mulher no comando da pasta. Comentarista esportiva, ela será a primeira mulher a comandar o ministério.