Saiba quem é o general Gonçalves Dias, que vai comandar o Gabinete de Segurança Institucional (GSI)

O general Marcos Edson Gonçalves Dias foi anunciado nesta quinta-feira pelo presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), cargo atualmente ocupado pelo general Augusto Heleno.

Veja quem são: Lula define escalação final de seus 37 ministérios

Posse de Lula: entrada na Praça dos Três Poderes será limitada a 30 mil pessoas; manifestações adversas não serão permitidas

GDias, como é conhecido, atuou no comando da segurança pessoal do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), entre 2003 e 2009.

Na época, ficou conhecido como “sombra” de Lula, ao estar ao lado do petista em todos os deslocamentos, de compromissos oficiais a programas mais amenos, como pescaria.

Após as duas primeiras gestões de Lula, GDias foi chefe da Coordenadoria de Segurança Institucional da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Neste período foi promovido ao posto de general.

Na campanha, GDias voltou a dar apoio a equipe de segurança do petista. A empresa de segurança do militar foi contratada para auxiliar na montagem dos eventos que Lula participou pelo país.

Durante a transição, GDias foi indicado para integrar a equipe do grupo temático na área de inteligência estratégica. Por ser militar, GDias é também um dos conselheiros e interlocutores de Lula junto as Forças Armadas.