Saiba quem é o 'ghostwriter' contratado pelo príncipe Harry para escrever 'Spare'

Quando o príncipe Harry anunciou que lançaria um livro de memórias revelador, ele decidiu contratar um escritor consagrado para escrever a autobiografia. O premiado jornalista e autor JR Moehringer é o ghostwriter por trás do livro recheado de alegações polêmicas, lançado oficialmente na última terça-feira, 10.

Mas, embora muito se saiba sobre a vida de Harry, o que se sabe sobre o escritor californiano que ajudou o duque a escrever sua "verdade"?

Moehringer é um jornalista e escritor vencedor do prêmio Pulitzer, que escreveu sua própria autobiografia em 2005 chamado The Tender Bar. O best-seller se tornou tão popular que foi transformado em filme em 2021, dirigido por George Clooney e estrelado por Ben Affleck. Suas memórias refletem sobre seus próprios desafios de infância, seu relacionamento com a mãe, o crescimento sem uma figura paterna e suas lutas contra o álcool.

Ele não é novo no mundo da escrita fantasma. Anteriormente, ajudou Andre Agassi a escrever seu livro de memórias de 2009 Open e, mais recentemente, ajudou o fundador da Nike, Phil Knight, a trabalhar em seu livro de memórias, Shoe Dog.

Durante uma entrevista em 2012 sobre o livro de Agassi, o escritor afirmou que escrever um livro para outra pessoa é uma experiência completamente diferente de escrever uma autobiografia.

"Você tenta habitar a pele deles, e mesmo que você esteja pensando em terceira pessoa, você está escrevendo em primeira pessoa, então os processos são imagens espelhadas um do outro, mas eles parecem muito simpáticos", disse o escritor.

O ghostwriter nasceu em Nova York, crescendo em Manhasset, uma cidade suburbana em Long Island. Depois do Ensino Médio, foi estudar na Universidade de Yale, graduando-se em 1986. Sua carreira no jornalismo começou no New York Times como assistente de notícias, antes de trabalhar em outros jornais em todo o país, incluindo o Rocky Mountain News, no Colorado.