Saiba quem é quem na equipe de Lula no governo de transição

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O gabinete de transição para o governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi instituído terça-feira (8).

O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), será o coordenador geral da transição, com o ex-deputado Floriano Pesaro na coordenação executiva. O ex-ministro Aloizio Mercadante responderá pela coordenação dos 31 grupos técnicos, responsáveis pela elaboração de programas. Os nomes da senadora Simone Tebet (MDB) e dos economistas Persio Arida e André Lara, já foram confirmados para os grupos.

A transição é regulamentada por uma lei aprovada em 2002 e um decreto editado em 2010. Ela tem início com a proclamação do resultado da eleição e se encerra com a posse do novo presidente.

É nessa etapa que a equipe do presidente eleito obtém informações detalhadas sobre a situação das contas públicas, dos programas e projetos do governo federal, bem como do funcionamento dos órgãos.

O grupo de transição é formado por 50 pessoas que serão nomeadas em cargo comissionado e mais uma série de colaboradores, que atuarão como voluntários, sem receber salário.

Saiba quem é quem na equipe de transição:

GERALDO ALCKMIN - COORDENADOR-GERAL

Ex-governador de São Paulo, deputado estadual e federal pelo PSDB, Geraldo Alckmin deixou a legenda em 2021, após 33 anos de filiação. O ex-tucano aceitou o convite de Lula para a vice-presidência e se filiou ao PSB.

Alckmin foi escolhido como coordenador geral da transição. Tradicionalmente, quem assume a função ocupa um ministério robusto no governo. O ex-governador é cotado para o Ministério da Defesa.

GLEISI HOFFMANN - COORDENAÇÃO DE ARTICULAÇÃO POLÍTICA

Presidente nacional do PT, Gleisi é filiada ao partido desde 1989 e assumiu o comando da legenda em 2017. É deputada federal reeleita pelo Paraná. Durante o governo Dilma, foi chefe da Casa Civil. Como senadora, Gleisi foi uma das defensoras da petista durante o processo de impeachment. Já na presidência do PT, ela se tornou a principal fiadora da candidatura de Lula durante o período de prisão.

FLORIANO PESARO - COORDENAÇÃO EXECUTIVA

Sociólogo, ex-deputado federal e ex-vereador em São Paulo, foi secretário nos governos de Geraldo Alckmin e José Serra no estado. Também atuou no governo de Fernando Henrique Cardoso.

ALOIZIO MERCADANTE - COORDENAÇÃO DOS GRUPOS TÉCNICOS

Economista e um dos fundadores do PT, Mercadante foi o coordenador do plano de governo de Lula. Durante o governo de Dilma Rousseff, ele foi ministro da Educação, da Ciência e Tecnologia e da Casa Civil. Também já exerceu mandatos como senador e deputado federal por São Paulo. Ele é cotado para os ministérios das Relações Exteriores e para a pasta de Planejamento.

JANJA - COORDENAÇÃO DE ORGANIZAÇÃO DA POSSE

A socióloga Rosângela Silva, conhecida como Janja, é esposa do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva. Filiada ao PT desde 1983, ela expandiu o poder ao longo da campanha eleitoral. Cuidava da escala para reuniões e protagonizou agendas para pedir votos.

CONSELHO DE TRANSIÇÃO GOVERNAMENTAL

Antônio Brito: É o líder do PSD na Câmara. Exerce o terceiro mandato como deputado federal pela Bahia

Carlos Siqueira: Presidente do PSB

Daniel Tourinho: Presidente do Agir

Felipe Espirito Santo: Representante do Pros

Gleisi Hoffmann: Presidente do PT e vice-líder do partido na Câmara, fará a coordenação de articulação política da transição

Guilherme Ítalo: Representante do Avante

Jefferson Coriteac: Vice-presidente do Solidariedade

José Luiz Penna: Presidente do PV

Juliano Medeiros: Presidente do PSOL

Luciana Santos: Presidente do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco

Wesley Diógenes: Porta-voz nacional da Rede

Wolney Queiroz: Representante do PDT, é o líder da oposição na Câmara dos Deputados

GRUPOS TÉCNICOS

PERSIO ARIDA

Economista, é um dos pais do Plano Real —medida que acabou com o cenário de hiperinflação nos anos 90, na transição dos governos Itamar Franco (1992-1994) e Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). Foi presidente do BNDES e do Banco Central. No segundo turno, declarou voto em Lula e é cotado para assumir o ministério da Fazenda. Integrará o grupo técnico na área de Economia.

ANDRÉ LARA RESENDE

Outro integrante da equipe do Plano Real, o economista também presidiu o BNDES e foi diretor do Banco Central. Declarou apoio a Lula, mas não deve assumir um cargo de gestão. Integrará o grupo técnico na área de Economia.

GUILHERME MELLO

Professor da Unicamp, participou da elaboração do plano de governo de Lula como coordenador do Núcleo de Acompanhamento de Políticas Públicas - Economia do PT. Integrará o grupo técnico na área de Economia.

NELSON BARBOSA

Foi ministro da Fazenda e do Planejamento no governo de Dilma Rousseff. Deve ser uma das vozes do debate sobre a regra fiscal a substituir o teto de gastos. Integrará o grupo técnico na área de Economia.

SIMONE TEBET

Senadora do MDB por Mato Grosso do Sul e ex-presidenciável, Tebet teve papel decisivo para angariar votos para Lula no segundo turno das eleições. Ela foi anunciada para compor a área de desenvolvimento social do grupo de transição e também é cotada para a equipe ministerial.

MÁRCIA LOPES

Assistente social e professora, foi ministra de Desenvolvimento Social e Combate à Fome no governo Lula.

TEREZA CAMPELLO

Economista, foi ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome no governo Dilma Rousseff.

ANDRÉ QUINTÃO

Deputado estadual em Minas Gerais, onde é líder da oposição na Assembleia Legislativa, Quintão é sociólogo e assistente social.