Saiba quem é Ricardo Cappelli, interventor federal no DF indicado por Lula

O secretário-executivo do Ministério da Justiça, Ricardo Cappelli, foi nomeado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva como interventor federal no Distrito Federal. Cappelli é jornalista e especialista em administração pública e já ocupou diversos cargos nos três níveis de governo, além de ter sido presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE).

Entenda: o que é intervenção federal, como a decretada por Lula em Brasília, e saiba o que acontece

Acompanhe os atos terroristas: bolsonaristas invadem Congresso, Planalto e STF, sedes dos três Poderes

Nascido em 1972, Cappeli formou-se em jornalismo pela Unieuro e presidiu a UNE de 1997 a 1999. Começou sua passagem pelo serviço público em 2000, quando foi coordenador especial de Políticas Públicas para Juventude do governo do Rio de Janeiro. Em 2003, no início do primeiro governo Lula, foi nomeado diretor do Departamento de Esporte Universitário do Ministério do Esporte.

Em 2005, foi para a prefeitura de Nova Iguaçu, onde ocupou o cargo de secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social. Em 2009, voltou ao Ministério do Esporte, primeiro como diretor do departamento de Incentivo e Fomento ao Esporte e depois como Secretário Nacional de Esporte. Nesse período, fez uma pós-graduação em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas.

Quando Flávio Dino assumiu o governo do Maranhão, em 2015, Cappelli foi nomeado secretário representação da administração estadual em Brasília. Em 2021, passou a ser secretário de Comunicação, cargo que ocupou até dezembro.

Cappelli foi filiado durante mais de 20 anos ao PCdoB, mas anunciou a desfiliação do partido em 2021, quando Dino também deixou o partido.