Saiba quem foi Charlbi Dean, atriz que morreu aos 32 anos de idade

Charlbi Dean no Festival de Cannes 2022
Charlbi Dean no Festival de Cannes 2022. REUTERS/Piroschka Van De Wouw

Resumo da notícia:

  • Charlbi Dean morreu aos 32 anos de idade por uma "doença súbita"

  • Atriz ficou conhecida por estrelar série "Raio Negro'", da DC

  • Conheça carreira da artista natural da África do Sul

Nascida em 5 de fevereiro de 1990, na Cidade do Cabo, África do Sul, Charlbi Dean nos deixou aos 32 anos de idade na última segunda-feira (29), vítima de uma "doença súbita", que não foi divulgada. A atriz ficou conhecida por estrelar "Raio Negro", série da DC, mas tem um década de produções em sua carreira.

Charlbi Dean iniciou sua trajetória artística como modelo. Quando passou a trabalhar como atriz, aos 20 anos, ela integrou o elenco do filme sul-africano "Spud", de 2010. Ela viveu a personagem Amanda na trama envolvida pela libertação de Nelson Mandela e o primeiro ano do garoto Spud Milton em uma escola particular só para meninos. Dean ainda participou da sequência do longa, lançada em 2013.

Charlbi Dean no New York Film Festival, em 2011
Charlbi Dean no New York Film Festival, em 2011. Foto: Stephen Lovekin/Getty Images

Em 2016, Charlbi atuou em "Pacific Standard Time", filme focado em um triângulo amoroso de jovens.

No ano seguinte, a atriz estrelou a série "Elementaríssimo", da CBS, que foi ao ar entre 2012 e 2019. Dean participou do 20º episódio da quinta temporada da produção. O enredo contemporâneo é uma obra de Robert Doherty adaptada da trama de Arthur Conan Doyle, criador do Sherlock Holmes.

Ainda em 2017, Dean participou do filme de suspense "Don't Sleep". De acordo com a sinopse, dois jovens amantes se mudam juntos para uma casa de campo e enfrentam os horrores de uma infância esquecida.

Charlbi Dean em
Charlbi Dean em "Entrevista com Deus". Foto: Divulgação/Imagem Filmes

Antes ficar conhecida mundialmente, a atriz fez uma ponta em "Entrevista com Deus", de 2018. No filme, um jornalista encontra seu mundo e sua fé cada vez mais desafiados quando é entrevistado por alguém que se autodeclara Deus.

No mesmo ano, Charlbi Dean foi escalada para série de ficção "Raio Negro", da DC, exibida pela Netflix no Brasil. Ela ganhou o mundo por viver a assassina Syonide na trama do super-herói aposentado que volta à ativa para defender sua família.

Charlbi Dean em
Charlbi Dean em "Raio Negro". Foto: Divulgação/DC/Netflix

O último papel da atriz foi no filme de comédia "Triangle of Sadness", de Ruben Ostlund, que ainda não tem previsão de exibição no Brasil. A produção levou a Palma de Ouro do Festival de Cannes 2022. De acordo com o The Hollywood Reporter, o filme estrelado por Harris Dickinson, Charlbi Dean e Woody Harrelson foi ovacionado por sete minutos após a exibição.

Nas redes sociais, Dean chegou a comemorar a vitória e agradecer ao cineasta pela oportunidade. "Serei sempre grata a você por confiar em mim para fazer parte de sua genialidade. Mal posso acreditar que eu tive o melhor ano fazendo esse filme, durante um dos momentos mais difíceis da minha vida", publicou.