Saiba quem são os jogadores com salário milionário no Brasil

Daniel Alves é o jogador mais bem pago do Brasil, pelo menos enquanto Balotelli não é contratado pelo Flamengo (Bruno Riganti/Gazeta Press)

O futebol brasileiro nunca repatriou jogadores de tanto nome quanto em 2019. Isso está ligado ao fato de os clubes terem melhorado sua capacidade financeira e, consequentemente, estarem dispostos a gastar cada vez mais com salário. Foi pensando nisso que o Blog levantou quais são os atletas no Brasil ganham pelo menos R$ 1 milhão por mês, incluindo salários, direitos econômicos, luvas e bonificações. Abaixo, os valores estimados dos nove atletas mais bem pagos do país.

Leia também:


OS MILIONÁRIOS DO FUTEBOL BRASILEIRO:

Daniel Alves (São Paulo): R$ 1,5 milhão por mês

Jogador mais vitorioso em atividade no futebol mundial, com 40 títulos, o novo lateral-direito do São Paulo terá direito a R$ 1,5 milhão mensal incluindo salários, direitos de imagem e luvas. Vale lembrar que ele estava livre, após deixar o PSG, o que justifica a “compra de seus direitos econômicos”.

Gabigol (Flamengo): R$ 1,25 milhão

Emprestado até dezembro, Gabigol conseguiu que o Flamengo assumisse 100% de seus vencimentos dos tempos de Inter de Milão e fatura R$ 1,25 milhão por mês. No ano passado, para atuar no Santos, ele precisou abrir mão de pouco mais de R$ 500 mil mensais, já que o Peixe só bancava R$ 50 mil. A Inter pagava a outra metade.

Dudu (Palmeiras); R$ 1,2 milhão

Depois de rejeitar uma proposta gigante da China, Dudu passou a ser o atleta mais bem pago do Palmeiras, com direito a vencimentos na casa de R$ 1,2 milhão por mês. Nessa conta, estão incluídos salários, direitos de imagem e um prêmio pela renovação do vínculo, que só termina em 2023.

Fred (Cruzeiro): R$ 1,2 milhão

Tirar Fred do rival Atlético-MG tem custado muito caro para a Raposa. Para vencer a concorrência com Palmeiras e Flamengo, o então recém-empossado presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, fechou um contrato por três anos que garante ao centroavante aproximadamente R$ 1,2 milhão por mês, entre salários, direitos de imagem e luvas.

Hernanes (São Paulo): R$ 1,1 milhão

Um dos presentes dados pela diretoria à torcida do São Paulo, Hernanes fatura algo na casa de R 1,1 milhão mensal entre salários, direitos de imagem e luvas. Detalhe importante: ele recebia o dobro nos tempos de Hebei China Fortune, de onde foi comprado. O Tricolor também desembolsou 3 milhões de euros para tirá-lo em definitivo da China.

Pedro Rocha (Cruzeiro): R$ 1 milhão

Contratado pelo Cruzeiro por empréstimo junto ao Spartak Moscou, Pedro Rocha continua recebendo os mesmos vencimentos dos tempos de Rússia. Ou seja, cerca de R$ 1 milhão por mês. Com um detalhe importante: a Raposa ainda pagou R$ 3,2 milhões para ter o atacante por uma temporada.

Vitinho (Flamengo): R$ 1 milhão

Segunda contratação mais cara da história do Flamengo, Vitinho embolsa aproximadamente R$ 1 milhão por mês. Foi a condição exigida pelo atacante para fechar com o Rubro-Negro em julho do ano passado - o contrato só termina na metade de 2022. O Fla ainda desembolsou 10 milhões de euros ou R$ 43 milhões junto ao CSKA para comprá-lo.

Tardelli (Grêmio): R$ 1 milhão

O Grêmio só conseguiu convencer Tardelli a abrir mão de propostas para seguir na China depois de oferecer R$ 34 milhões fixos por um contrato de temporada e outros R$ 5 milhões variáveis, por metas individuais e coletivas. Desta maneira, o atacante, que estava livre no mercado, tem direito a R$ 871 mil fixos por mês e a outros R$ 129 mil como bônus. Ele ganhava mais do que o dobro no Shandong Luneng, da China.

Ramires (Palmeiras): R$ 1 milhão

Livre no mercado, depois de rescindir com o Jiangsu Suning, Ramires acertou com o Palmeiras um salário de R$ 700 mil mensais e luvas no valor de R$ 300 mil, totalizando R$ 1 milhão a cada 30 dias. Mas pasmem: em seu antigo clube, na China, ele faturava R$ 3,6 milhões mensais. O fato de estar encostado pesou na decisão de romper o contrato para voltar ao Brasil.

QUEM ESTÁ PERTO DO R$ 1 MILHÃO:

Lucas Lima (Palmeiras): R$ 955 mil por mês

O meia ganha R$ 650 mil de salário, R$ 250 mil de luvas e bônus de R$ 15 mil por partida. Em média, no Palmeiras ele tem faturado R$ 55 mil mensais graças aos jogos disputados, totalizando R$ 955 mil.

Luan (Grêmio): R$ 900 mil

A renovação de contrato com o Grêmio depois de arrebentar na conquista do título da Copa Libertadores está fazendo de Luan um quase milionário a cada mês. Seus vencimentos hoje são de R$ 900 mil mensais e passarão a R$ 1,2 milhão na virada do ano.

Rodriguinho (Cruzeiro): R$ 800 mil

Contratado do Pyramids, Rodriguinho se tornou o terceiro jogador mais bem pago do Cruzeiro, com vencimentos mensais de R$ 800 mil. É quase o mesmo valor a que ele tinha direito no clube egípcio.

Filipe Luís (Flamengo): R$ 800 mil

Um dos maiores reforços do futebol brasileiro em 2019, o lateral só aceitou deixar a Europa depois da garantia de que terá direito a R$ 800 mil mensais no Flamengo. E por um contrato de dois anos e meio.

Guerrero (Inter): R$ 770 mil

Jogador mais bem pago do futebol brasileiro enquanto vestia a camisa do Flamengo, o peruano viu seus vencimentos serem reduzidos de R$ 950 mil para R$ 770 mil em troca de um contrato mais longo, de três temporadas. Ele ganha R$ 512 mil fixos de salário e outros 258 mil em luvas - metade desse valor é bancado por Delcir Sondas, enquanto a outra metade é do Colorado.

Gil (Corinthians): R$ 750 mil

A vontade de voltar ao Corinthians fez Gil abrir mão de seis meses do contrato com o Shandong Luneng, onde ganhava mais de R$ 1,5 milhão por mês. Ainda assim, ele foi “recompensado” com os maiores vencimentos do Timão, na casa dos R$ 750 mil mensais. Com os impostos, o Corinthians desembolsa na casa de R$ 1 milhão por mês com seu zagueiro.

Arrascaeta (Flamengo): R$ 750 mil

O meia uruguaio é apontado por muitos como dono de um salário de R$ 1,5 milhão por mês, devido a declarações de Itair Machado. Porém, no Flamengo, seus vencimentos em carteira são de R$ 653 mil mensais. Com outros bônus, ele chega a R$ 750 mil a cada 30 dias. No Cruzeiro, recebia 1/3 disso.

Rafinha (Flamengo): R$ 750 mil

Terceiro lateral mais bem pago do país, Rafinha abriu mão de quase metade daquilo que recebia nos tempos de Bayern de Munique: R$ 1,4 milhão. No Flamengo, ele terá direito a R$ 750 mil mensais, menos apenas do que Daniel Alves (R$ 1,5 milhão) e Filipe Luís (R$ 800 mil.)

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes |