Saint Laurent volta à Semana de Moda de Paris

·1 minuto de leitura

A Saint Laurent voltou à Semana de Moda de Paris nesta terça-feira, após ter sido a primeira marca a deixá-la devido à pandemia, diante de uma Torre Eiffel que piscava e ao lado de uma parede de refletores.

O desfile atrasou porque aguardava-se a chegada da atriz Catherine Deneuve, mas o diretor artístico da marca, Anthony Vaccarello, fez um retorno glamouroso espetacular ao calendário oficial.

Aclamadas pelo público reunido na fonte de Trocadero, Carla Bruni-Sarkozy, Charlotte Gainsbourg, Rossy de Palma e Catherine Deneuve estavam na primeira fila do desfile, realizado ao ar livre, o que tornou mais fácil para os participantes dispensar a máscara.

Vestidos colados ao corpo, exibidos por modelos de salto alto, foram o forte da coleção. Em preto, cor fetiche do estilista, azul ou orquídea, com estampas florais "tiradas dos arquivos e mais agressivas do que nunca".

Blazers clássicos com ombros fortes pareciam significar "a dissolução dos gêneros". São usados com calças ajustadas ou sobre pernas nuas.

“Esta coleção é um desejo de emancipação, para retomar o fio condutor de uma sedução subversiva, palavra essencial que às vezes se cala”, destacou Anthony Vaccarello.

Novidade no lado da silhueta: vestidos bem longos, brancos, pretos ou vermelhos, com ombros pronunciados. “Longos, muito longos, pois mostrar-se hoje é uma arte", destacou o estilista.

Luvas de cores vivas, vermelhas ou azuis deram força aos looks, juntamente com grandes joias douradas.

neo/fmp/cbn/eg/dga/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos