Salão de Porto Alegre rebate acusações de influenciadora sobre corte de cabelo

Mãe se irrita com corte do cabelo do filho e registra B.O. contra salão no RS
Mãe se irrita com corte do cabelo do filho e registra B.O. contra salão no RS

Nesta sexta-feira (27) os donos do salão que foi alvo de críticas da influenciadora digital Thielly Souza resolveram, pela primeira vez, se defender das acusações da cliente. Em nota, o salão afirma que vai tomar "todas as medidas jurídicas e regulares cabíveis para a cessação dos danos e preservação de seus direitos" e classifica o caso como desproporcional. O texto ainda diz que a repercussão na imprensa e nas redes sociais tem resultado em danos para a empresa.

"A Glamour Kids afirma e atesta que em nenhum momento furtou-se ou furtar-se-á em atender as demandas de seus clientes, e que tal inércia jamais aconteceu no presente caso, que restou com retorno impossibilitado, devido ao fato de a situação ter tomado proporções inimagináveis, de forma instantânea, por meio de difamações seguidas em ambiente virtual", diz a nota.

O descontentamento com um corte de cabelo repercutiu nas redes sociais após ataques de fúria da gaúcha de Guaíba, Região Metropolitana de Porto Alegre. Ela registrou um boletim de ocorrência e promete entrar na Justiça contra o salão Glamour Kids, que realizou o corte de cabelo do filho.

Thielly teria demonstrado descontentamento com o resultado, pois queria que o filho tivesse o corte igual a um rapaz de uma foto apresentada por ela como modelo. De acordo com o relato do salão, o resultado não ficaria exatamente igual, pois o cabelo da criança é diferente do homem do da foto apresentado, em volume e outras condições. Segundo a empresa, o serviço não foi cobrado. Na nota o salão ainda afirmou que foi preciso acionar a segurança do shopping e a Brigada Militar pois a influenciadora estava exaltada e teria feito ofensas.

O caso

Uma influenciadora digital fez publicações criticando um salão de beleza de Porto Alegre na quarta-feira (26), após o corte de cabelo do filho de cinco anos não sair conforme esperado. Thielly publicou fotos e vídeos nas redes sociais, mostrando o antes e o depois do penteado do filho. No mesmo dia, a cliente registrou um boletim de ocorrência contra o estabelecimento e alega que não recebeu nota fiscal e nem conseguiu conversar com o gerente do salão. Ela afirma que pretende abrir um processo no Juizado Especial Cível, pedindo indenização por danos morais.

O vídeo publicado por Thielly no TikTok alcançou mais de 1,4 milhão de curtidas cerca de 18 horas após a divulgação. Thielly tem mais de 500 mil seguidores na rede social, além de outros 100 mil no Instagram. O objetivo das postagens, segundo ela, foi chamar a atenção para uma suposta negligência do salão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos