Salman Rushdie, o escritor proscrito do Islão

Autor de “Os Versos Satânicos” foi condenado à morte, em 1989, pelo Ayatollah Khomeini.