'Salvei o Brasil de José Dirceu', diz Roberto Jefferson

O ex-deputado e presidente do PDT Roberto Jefferson alegou em saída do Hospital Samaritano que seu foco não é mais o mensalão. "A minha luta era com o José Dirceu. Ele me derrubou, mas eu salvei o Brasil dele. Ele não foi, não é e não será o presidente do Brasil. Caímos os dois. Estou satisfeito", disse Jefferson em entrevista a imprensa.

Leia mais:
PT crê que impacto da fala de Gurgel será diluído
Marcos Valério pode pegar mais de 140 anos de prisão
Contra João Paulo, Gurgel cita contrato de agência




Ainda durante a entrevista, Roberto Jefferson elogiou as acusações feitas pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, mas salientou que há poucas provas contras os réus. "Ele tem razão em muitas coisas que ouvi e não tem em outras tantas. A partir de segunda, 6, falarão as defesas. Torço para que haja justiça", afirmou sobre o mensalão.

O delator do esquema de corrupção conhecido como mensalão foi internado em decorrência de um câncer no pâncreas. Jefferson está confiante no reestabelecimento de sua saúde. Apesar de deixar o hospital andando, o ex-deputado deverá retornar para fazer quimioterapia.