Samara Felippo sobre racismo: “A maternidade furou a minha bolha branca”

·2 minuto de leitura
Samara Felippo durante São Paulo Fashion Week
Samara Felippo durante São Paulo Fashion Week (Foto: Reprodução/ Getty)

Samara Felippo é mãe solo de duas crianças negras, Lara e Alícia, de 8 e 12 anos, que são frutos do relacionamento com o jogador de basquete Leandrinho Barbosa. Há poucos dias elas foram vítimas de ataques racistas nas redes sociais. Levando o caso a sério, a artista prestou queixa contra as pessoas que publicaram as ofensas.

“Não vou deixar o caso passar”, contou Samara durante uma entrevista ao podcast Pretoteca. Samara chegou a compartilhar com seus seguidores no Instagram, os comentários feitos por racistas sobre a aparência das meninas. Em um dos prints, uma pessoa disse: ‘Os cabelos de suas filhas são horrorosos”, contou a atriz que as filhas já chegaram a sofrer racismo até mesmo na escola. “Das vezes que aconteceu, eu sentei e expliquei o que era racismo. Eu dou nome ao racismo. Explico sempre”.

Leia também:

“A maternidade furou a minha bolha branca. Eu tomei um baque quando vi que a minha filha Alícia com 7 anos queria alisar o cabelo. Eu me perguntei por que comecei a fazer a minha busca incessante pra fazer com que a minha filha se enxergasse, porque ela só queria alisar o cabelo porque ela só tinha amigas brancas de cabelo liso. E cada informação que chegava era um grande pesadelo, um abismo, é o racismo estrutural, uma série de coisas que são sutis, mas que você só descobre se for atrás”, disse.

Mas foi através da leitura, que atriz procurou o protagonismo negro. “Mulheres negras em cargos de poder, blogueira, cantoras, atrizes, filósofas. Eu fui mostrando pra elas o lugar que essas mulheres estavam, que também pertence a elas. Comecei a comprar bonecas pretas pra que elas também pudessem se ver, músicas, filmes e séries e até livros didáticos da escola, mudar a forma que eu poderia levar representatividade para as minhas filhas”, contou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos