Sampaio deixa presidência da Equatorial Energia para assumir liderança no Conselho

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Conselho de Administração (CA) da Equatorial Energia aprovou em reunião nesta quarta-feira reorganização na direção da companhia que coloca Firmino Ferreira Sampaio Neto na presidência do colegiado e sua destituição do cargo de diretor-presidente da empresa. Isso porque o estatuto da empresa impede que a mesma pessoa ocupe os dois cargos simultaneamente. Na reunião, também foi aprovada a renúncia de Carlos Augusto Leone Piani da presidência do Conselho, permanecendo como membro do colegiado. Já Augusto Miranda da Paz Júnior assumiu o cargo de diretor-presidente da Equatorial, acumulando com o cargo de diretor-presidente da Cia. Energética do Maranhão (Cemar), controlada da Equatorial. A Equatorial Energia publicou na noite de terça-feira um lucro líquido de 80 milhões de reais no terceiro trimestre, queda de 71,5 por cento ante resultado obtido no mesmo período do ano passado, quando o balanço havia sido impactado por eventos positivos não recorrentes. (Por Marta Nogueira)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos