Samsung prevê queda no lucro trimestral para mínima de 8 anos

Samsung

SEUL (Reuters) - A Samsung Electronics previu nesta sexta-feira uma queda de dois terços em seu lucro trimestral, para uma mínima de oito anos, uma vez que o enfraquecimento da economia global afetou os preços dos chips de memória e limitou a demanda por dispositivos eletrônicos.

A péssima estimativa de lucro da maior fabricante de chips de memória, smartphones e TVs do mundo coloca um viés de fraqueza para os resultados trimestrais de outras empresas de tecnologia.

A empresa sul-coreana disse que seu lucro operacional de outubro a dezembro deve cair 69%, para 4,3 trilhões de wons (3,37 bilhões de dólares), ante 13,87 trilhões de wons no mesmo período do ano anterior, segundo comunicado com resultados preliminares. O balanço mais detalhado será publicado em 31 de janeiro.

Caso se confirme, será o menor lucro trimestral da Samsung desde o terceiro trimestre de 2014, e aquém do resultado de 5,9 trilhões de wons esperado por analistas, segundo pesquisa da Refinitiv SmartEstimate.

"Todos os negócios da Samsung tiveram dificuldades, mas especialmente chips e celulares", disse Lee Min-hee, analista da BNK Investment & Securities.

A receita trimestral da empresa deve registrar queda de 9% em relação a igual etapa de 2021, para 70 trilhões de wons, disse a Samsung.

O aumento das taxas de juros globalmente e do custo de vida diminuíram a demanda por smartphones e outros dispositivos fabricados pela Samsung, bem como pelos semicondutores que a empresa fornece a rivais, como a Apple.

"Para o negócio de (chips de) memória, o declínio na demanda no quarto trimestre foi maior do que o esperado, pois os clientes ajustaram os estoques em seu esforço para apertar ainda mais as contas...", disse a Samsung em comunicado.

O lucro de seu negócio móvel caiu no quarto trimestre, uma vez que as vendas e receitas com smartphones diminuíram devido à fraca demanda resultante de problemas macroeconômicos prolongados, acrescentou a Samsung.

Três analistas disseram esperar que o lucro da Samsung caía novamente no trimestre atual, com um provável prejuízo operacional para o negócio de semicondutores, à medida que o excesso de oferta leva a uma nova queda nos preços dos chips de memória.

As ações da Samsung fecharam em alta de 1,4% nesta sexta-feira, contra avanço de 1,1% de índice mais amplo da bolsa de Seul. As ações da fabricante rival de chips de memória SK Hynix subiram 2,1%.

"A razão pela qual as ações estão subindo apesar do fraco resultado dos lucros é... que os investidores esperam que a Samsung precise reduzir a produção, como Micron ou SK Hynix disseram que fariam, o que ajudaria a indústria de memória em geral", disse Eo Kyu-jin, analista da DB Financial Investment.

A Samsung havia dito em outubro que não esperava muitas mudanças em seus investimentos para 2023. Analistas disseram que a companhia tem um histórico de não anunciar cortes na produção de chips de memória, mas poderia ajustar organicamente o investimento atrasando a entrada de equipamentos, bem como de outras maneiras.

(Por Joyce Lee, Heekyong Yang e Hyunsu Yim)