Samsung registra patentes para Galaxy Fold com duas dobras e garagem para caneta

Rubens Eishima
·3 minuto de leitura

O departamento de pesquisa e desenvolvimento da Samsung não pode parar. Depois dos modelos Galaxy Fold e Galaxy Z Flip, a fabricante registrou diferentes patentes que expandem a ideia dos celulares com tela dobrável. Enquanto um dos conceitos apenas inclui um espaço para guardar o acessório S Pen, outro documento descreve um aparelho com duas dobras na tela e um teclado retrátil.

Z de verdade

O conceito com duas articulações na tela faz jus ao nome da linha de celulares dobráveis dos sul-coreanos. O mecanismo permite formar a letra Z, com uma dobra na tela para dentro e outra para fora.

Mais do que isso, o aparelho descrito na patente registrada na Coreia do Sul inclui um teclado retrátil. O componente tem a aparência de uma tela secundária, sem teclas físicas e um provável funcionamento com botões capacitivos.

Teclado retrátil conflita com a porta USB na ilustração, mas entrada poderia ser movida para outro trecho do celular (Imagem: Sarang Sheth/LetsGoDigital)
Teclado retrátil conflita com a porta USB na ilustração, mas entrada poderia ser movida para outro trecho do celular (Imagem: Sarang Sheth/LetsGoDigital)

As duas articulações e o teclado abrem uma série de possibilidades de uso para o aparelho. Como uma das telas sempre fica exposta, é possível apenas estender o teclado para usá-lo como um palmtop (lembra deles?).

Já um suporte para a tela aberta transforma o celular em um mini notebook. Resta saber se a área para digitação permitiria um uso confortável por longos períodos. Além disso, a área exposta da tela levanta dúvidas sobre a durabilidade e resistência do componente.

Outro ponto importante é o espaço ocupado pelo teclado dentro de uma das partes do celular. Provavelmente não sobraria lugar para outros componentes. E isso tudo sem contar na espessura do aparelho, que seria quase três vezes maior que um smartphone comum.

As ilustrações do aparelho foram criadas para o site LetsGoDigital pelo designer Sarang Sheth, baseadas na construção do Galaxy Z Fold 2. Apesar de algumas liberdades tomadas na projeção do artista, o celular se encaixaria bem na atual gama de aparelhos da Samsung.

Um terço da tela sempre fica exposto, dispensando um <em>display</em> secundário (Imagem: Sarang Sheth/LetsGoDigital)
Um terço da tela sempre fica exposto, dispensando um display secundário (Imagem: Sarang Sheth/LetsGoDigital)

Galaxy Z Fold S Pen?

Já o suporte à caneta S chegou a ser cogitado para o Galaxy Z Fold 2, boato que acabou não se concretizando. Uma patente registrada pela Samsung junto ao escritório global de propriedade intelectual (WIPO), porém, deve realimentar os rumores para a próxima geração do aparelho.

O modelo nas ilustrações do documento tem um design bem próximo ao da linha Galaxy Fold. Segundo o site sul-coreano The Elec, a tecnologia usada pela S Pen nos Galaxy Notes é incompatível com as telas dobráveis. A solução envolveria a adoção de outra técnica, que poderia ser combinada com o vidro ultra fino (UTG, na sigla em inglês) usado nos modelos Galaxy Z Flip e Galaxy Z Fold 2.

Conceito inclui área para armazenamento da caneta S (Imagem: Jermaine Smit/LetsGoDigital)
Conceito inclui área para armazenamento da caneta S (Imagem: Jermaine Smit/LetsGoDigital)

Tanto no caso do aparelho com duas dobras quanto no Fold compatível com a S Pen, a Samsung ainda tem bastante tempo para desenvolver as ideias. O Galaxy Z Fold 2 foi lançado há pouco mais de dois meses e só deve ganhar um sucessor no segundo semestre de 2021, durante o segundo evento Unpacked tradicionalmente organizado em agosto. Até lá, devemos ver atualizações das linhas Galaxy S e um sucessor para o Galaxy Z Flip.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: