Colégios eleitorais abrem para 2º dia das eleições presidenciais do Egito

Cairo, 27 mar (EFE).- Os colégios eleitorais no Egito abriram as portas, nesta terça-feira, para o segundo dia das eleições presidenciais, que serão concluídas amanhã em que o atual presidente, Abdul Fatah al Sisi, provavelmente será reeleito contra um único rival, a desconhecida Musa Mustafa Musa.

O segundo dia de votação teve início às 9h (horário local, 4h de Brasília) em todo o país, com filas em vários centros, embora em alguns casos menores que as de ontem.

No bairro de Shubra, dezenas de mulheres esperavam em frente a uma escola a abertura das portas.

Uma delas, Iman, disse à Agência Efe que veio votar hoje, pois seu chefe não deu permissão ontem para ela sair do trabalho.

Essa enfermeira de meia-idade afirmou que votou pelo seu país, pois se sente parte do mesmo.

Várias mulheres de um grupo pró-Al Sisi, vestidas com jaqueta e um pin na lapela a favor do ex-marechal, organizavam os eleitores nas portas da escola e lhes entregaram suco.

A Autoridade Nacional Eleitoral disse ontem que a participação foi "alta" nas duas províncias que compõem a capital, Cairo e Guiza, assim como na segunda cidade do país, Alexandria, e no sul, além de na península do Sinai, apesar da operação militar contra o terrorismo que ocorre nesta última zona.

Cerca de 59 milhões de egípcios estão chamados às urnas durante os três dias de votação, que acontecem em 13.706 colégios eleitorais nas 26 províncias do país.

O fechamento dos colégios eleitorais está previsto para às 21h (horário local, 16h de Brasília) de cada um dos três dias de votação e os resultados oficiais serão conhecidos no próximo dia 2 de abril. EFE

sr-fc/phg