Santa Catarina registra geada em outubro. O que explica o frio no meio da primavera?

·2 min de leitura

SÃO PAULO — A fina camada de gelo que foi vista na manhã desta segunda em pontos da vegetação da cidade de São Joaquim, na serra catarinense, em pleno mês de outubro, foi causada por uma massa de ar polar que passa pela região Sul — de intensidade moderada — responsável por baixar os termômetros de maneira mais intensa em pontos específicos da serra catarinense.

A meteorologista da Climatempo, Josélia Pegorim, explicou que um resfriamento dessa natureza na região não é esperado para essa época do ano, embora não seja inédito.

— Nós tivemos a passagem de uma frente fria, no final de semana, pelo Sul do Brasil, e junto com essa frente veio um ar frio de origem polar. Foi isso que causou o resfriamento acentuado, além do que normalmente aconteceria — diz.

Ela explica, porém, que não se trata de geada generalizada em toda a serra catarinense. Os pontos afetados são justamente os de maiores altitudes da região. Caso de São Joaquim, que chegou a marcar 1,8ºC pela madrugada, assim como Bom Jardim da Serra e Urupema, onde as temperaturas chegaram a 0,9ºC. De acordo com dados do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Epagri/Ciram).

Embora o frio ainda seja esperado até o final da semana, a possibilidade de que haja geada nos próximos dias, nos mesmos pontos, é reduzida.

A geada ocorre quando há frio intenso no solo — algo próximo a 0ºC — para que haja o congelamento do orvalho depositado sobre superfícies de casas, vegetações e carros.

Massas de ar polar também causam impactos na região Sudeste. Em São Paulo, por exemplo, a média das temperaturas máximas observadas ao longo de 1 a 24 de outubro deste ano foram 2,0°C abaixo da média climatológica esperada para o mês, que é de 25,9°C, afirmou Josélia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos