Santander vence licitação e vai intermediar pagamento de servidores da Prefeitura do Rio até 2027

O Santander venceu novamente a licitação da folha de pagamento dos servidores da Prefeitura do Rio nesta quinta-feira (dia 7). Com isso, o banco vai continuar a ser o responsável pelo pagamento de salários e benefícios a mais de 190 mil servidores ativos, inativos e pensionistas até setembro de 2027. A homologação da licitação foi publicada no Diário Oficial nesta sexta-feira (dia 8).

A instituição financeira apresentou a proposta vencedora, no valor de R$ 710 milhões em parcela única. Itaú, Bradesco e Banco do Brasil também participaram do certame, mas como ouvintes. Com o aporte, o Santander vai gerir, entre setembro de 2022 e setembro de 2027, a folha salarial de cerca de 193 mil servidores, com gasto bruto anual na ordem de R$ 15 bilhões.

Em 2017, na última vez em que foi realizada a licitação, o banco também saiu vitorioso, ao oferecer R$ 490 milhões para gerir os 199 mil servidores ativos, inativos e pensionistas da prefeitura à época, e folha bruta de R$ 12 bilhões.

"A venda da folha vem somar ao esforço de melhoria das contas públicas do município e o aumento da sua capacidade de investimento", afirmou a secretária de Fazenda e Planejamento do Rio, Andrea Senko.

A Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento informou que os R$ 710 milhões oferecidos pelo Santander serão importantes para reforçar o caixa da Prefeitura do Rio e garantir a execução do orçamento previsto na Lei Orçamentária Anual de 2022. Saúde, educação e infraestrutura estão entre as áreas que, segundo a secretaria, seriam prioritárias para a alocação de recursos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos