Santos admite negociação por Luan, mas cria condição

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Luan não entra em campo desde 19 de fevereiro, por opção de Vitor Pereira (Rodrigo Coca/Corinthians) (Rodrigo Coca/Corinthians)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Demorou, mas enfim apareceu um clube interessado no corintiano Luan: o Santos. É bem verdade que o presidente Andrés Rueda, do Peixe, estabeleceu condições bem específicas para o negócio avançar. A principal: não gastar absolutamente nada pelo meia.

O Santos não está disposto a pagar pelo empréstimo, mas também não quer gastar qualquer centavo com os salários. Ou seja, o Corinthians vai ter de continuar bancando os R$ 800 mil por mês de Luan - incluindo custos na carteira e imagem - para que ele jogue no Peixe.

Leia também:

"Existe um papo sobre isso, mas ainda incipiente", afirma a fonte do Santos ao Blog. "Se vier, tem que ser sem custo", acrescenta, admitindo conversas em estágio inicial com o Corinthians.

O Santos também consultou o rival sobre outros dois corintianos: o volante Ramiro e o meia Mateus Vital. O problema é que Ramiro só tem contrato até dezembro, mas só sai mediante compensação financeira. O mesmo vale para Vital.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos