Santos encara Chape para fugir do rebaixamento e sonhar com Libertadores

·2 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 21.04.2019 - O técnico Fábio Carille, atual treinador do Santos. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 21.04.2019 - O técnico Fábio Carille, atual treinador do Santos. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Se o Santos pudesse escolher um jogo para embalar na reta final do Campeonato Brasileiro, provavelmente seria este.

A equipe alvinegra enfrenta a já rebaixada Chapecoense, na Vila Belmiro, às 19h desta quarta-feira (17) (Premiere transmite), pela 33ª rodada do Nacional.

O time do técnico Fábio Carille chega para o duelo na 12ª posição, com 39 pontos, ainda preocupado em fugir do rebaixamento. No entanto, se vencer, pode ficar a menos de 10 pontos do atual sexto colocado, o Fortaleza, e sonhar com uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

Nesta temporada, é possível que até o nono colocado se classifique para a competição internacional.

Isso vai depender dos resultados das finais da própria Libertadores, da Sul-Americana e da Copa do Brasil --respectivamente entre Palmeiras e Flamengo, Athletico-PR e Bragantino e Atlético-MG e Athletico-PR.

Contra a Chapecoense, o Santos pode chegar à sua terceira partida de invencibilidade e ganhar confiança para as últimas cinco rodadas do Brasileiro.

Nos últimos cinco jogos, sofreu apenas uma derrota, no clássico contra o Palmeiras, por 2 a 0. Esses foram também os únicos dois gols que a equipe sofreu de lá para cá. Por outro lado, marcou cinco vezes.

O adversário desta quarta é a Chapecoense, que já está rebaixada à Série B do Nacional.

A equipe somou apenas 15 pontos até aqui na competição, em 32 jogos. Com cinco jogos a disputar, não tem mais chance de chegar à 16ª posição (a primeira fora da zona da degola), hoje ocupada pelo Bahia, com 36 pontos.

Além disso, o Santos também tem a seu favor um bom desempenho jogando na Vila Belmiro.

Em casa, a equipe fez 16 jogos neste Brasileiro, venceu 7, empatou 5 e perdeu 4.

Agora, se tropeçar, o Santos pode voltar a brigar contra o rebaixamento.

A equipe tem apenas três pontos a mais que Bahia e Juventude, respectivamente o primeiro time fora e o primeiro dentro da zona de rebaixamento.

SANTOS

João Paulo; Robson (Wagner Leonardo), Luiz Felipe e Danilo Boza; Madson, Vinicius Zanocelo, Felipe Jonathan, Gabriel Pirani e Moraes (Marcos Guilherme); Marinho e Diego Tardelli. T.: Fábio Carille

CHAPECOENSE

João Paulo; Ezequiel, Laércio, Jordan e Busanello; Moisés Ribeiro, Anderson Leite e Denner; Mike, Kaio Nunes (Bruno Silva) e Henrique Almeida (Anselmo Ramon). T.: Felipe Endres

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Horário: 19h desta quarta-feira (17)

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos