Campo dos sonhos da glória eterna

Mauro Beting
·3 minuto de leitura
Campo dos sonhos da glória eternaFOTO Tim Graham/Getty Images

- Zito, chama seu 10, o Rei da Galáxia!

- Deus, não é mais fácil você falar com seu filho Ademir da Guia?

- Todos são meus filhos. Mas só você, seu José Ely, tem intimidade e autoridade para ainda falar com o Pelé. Aproveita e berra com o Pepe. E grita mesmo que ele anda meio surdinho...

- Todo Poderoso, vou pedir pro Lima chamar todo mundo lá embaixo. Ele sempre faz tudo muito bem. E por todos.

- Mas avisa pra eles que não chegou a hora de ninguém. Só estou pedindo pra chamar aqui de cima pra essa turma boa ver mais um jogo para a eternidade entre vocês dois.

- Será? Depois do jogo do Palmeiras com o River, não sei se eles aguentam mais uma partida assim. Não é, Carabina?

- Nem vem, Zito! Como a turma do Palestra falava: "zito!". Que é "quieto", em italiano.

- Valdemar, meu filho... Mesmo zagueiro você veio aqui pro céu porque eu adoro futebol. Porque o que você fazia lá com os caras... Lembra o Pagão em 1959?

- Deus, o céu dos zagueiros é que nem a grande área: só entra quem a gente quer!

- Eu entrava quando queria na sua área...

- Nem vem, Coutinho! Com o Pelé, até eu!

- Meus filhos, ainda nem começou o jogo... Mas já deixa ligado lá no SBT. Claro!

- Qual o número do canal?

- Eu morava perto do canal 5 lá em Santos.

- Não, Gilmar. O número do SBT na operadora de TV por assinatura?

- Qual que a gente assina, meu Deus?

- SKY, né? Qual outra pra pegar aqui no céu?

- Claro!

- Quanto vai ser, Pai celestial?

- Só Eu sei.

- Quanto, então? Nem me venha com outro 7 a 6 como em 1958...

- Acho que vai ser 7 a 6 mesmo. Nos pênaltis. Weverton vai se consagrar.

- Nem vem, Oberdan. Vai ser o John. Ou o João Paulo.

- Qualquer um, Cejas. Todos são ótimos.

- Mas Deus, sai do muro: quem ganha?

- Já falei. Só Eu sei!

- Então ?!?! Fale, nosso Senhor, por misericórdia!

- Vocês não dizem que "só Deus sabe?" E às vezes nem eu sei.

- É o caso?

- Nem Eu sei... Mas posso dizer: desde 1915, vocês começaram a fazer uns milagres que até Eu duvidaria. E isso Eu ainda não aprendi.

- É isso, então? Você não vai dar spoiler de quem vai ganhar a Libertadores?

- Não. A graça é essa. E ela foi concedida a vocês desde 1915. É tudo real como Pelé. É divino como Ademir. É a graça eterna deste clássico abençoado por todos os Santos e todos os Palmeiras.

- Quem vai levar a glória eterna, meu Deus?

- Já levou, meus filhos.

- Quem já ganhou?

- Ninguém. E todos os que estarão no Maracanã. Os exaltados. Os que ninguém davam bola. Os humilhados que de tão humildes chegaram lá.

- Não vem com esse papo...

- Não é papo. É fato. Os maiores campeões do Brasil vão voltar a campo para mostrar que nem Eu sei coisa alguma sobre futebol. E que eu não decido nada. Mas torço muito. E vou estar sempre como está o torcedor. Sempre torcendo pela vitória do nosso maior amor.

- Se mais gente amasse o Senhor como seguem o futebol...

- Então seria o Paraíso.

- E ele é tão bom que aqui todo dia é dia de glória eterna.

- Amém.

- E amem.