São Caetano é colocado em leilão por R$ 90 milhões

Site de leilão anunciou a venda do São Caetano nesta sexta-feira.
Site de leilão anunciou a venda do São Caetano nesta sexta-feira. Foto: (Ettore Chiereguini/AGIF)

Uma publicação em um site de leilões chamou a atenção do mundo do futebol nesta sexta-feira. O São Caetano, clube vice-campeão da Copa Libertadores da América no ano de 2002, foi colocado à venda pelo lance inicial de R$ 90 milhões.

Na descrição da publicação, são incluídos o direito da filiação do clube na Federação Paulista de Futebol e na Confederação Brasileira de Futebol e, também, o Estádio Anacleto Campanella: "Leilão do direito de filiação em qualquer entidade de desporto ou liga pertencentes ao sistema nacional do desporto na modalidade futebol profissional e não profissional – direito de uso e exploração do estádio Anacleto Campanella – bens corpóreos e incorpóreos". O clube não se manifestou de forma oficial sobre a publicação.

Leia também:

Presidente foi afastado por investigação policial

No dia 1º de setembro deste ano, o São Caetano passou por uma mudança em seu comando administrativo por conta de uma investigação iniciada pela Polícia Civil contra um suposto esquema de lavagem de dinheiro contra Manoel Sabino Neto, presidente e proprietário de 89% das ações do clube. A decisão de terceirizar a gestão foi tomada pelo próprio Sabino Neto, que decidiu se afastar do clube até que o processo seja concluído.

Em nota oficial publicada no site do clube e nos perfis oficiais das redes sociais, o São Caetano informou que: "O São Caetano Futebol vem por meio desta informar que a gestão administrativa e esportiva do time a partir do dia 01 de setembro de 2022 passa a ser de responsabilidade da empresa LGM Serviços de Escritório & Entretenimentos Ltda. A empresa se firmou no clube com o patrocínio master nos últimos meses e após contrato assinado com a atual diretoria assume a gestão do São Caetano Futebol, dando sequencia as suas atividades e compromissos esportivos.".