São Paulo confirma primeira morte pela variante Delta no estado

·2 minuto de leitura
The shaMulher de 74 anos foi a primeira vítima fatal da variante Delta em SP (Michael Dantas/AFP via Getty Images)dow of a cross from a COVID-19 victim's grave is cast on the ground at the Nossa Senhora Aparecida cemetery in Manaus, Amazonas state, Brazil, on April 29, 2021. - Brazil, with a population of 212,000,000 people, surpassed Thursday the 400,000 deaths due to COVID-19, and is second in number only to the US. (Photo by MICHAEL DANTAS / AFP) (Photo by MICHAEL DANTAS/AFP via Getty Images)
Mulher de 74 anos foi a primeira vítima fatal da variante Delta em SP (Michael Dantas/AFP via Getty Images)
  • Mulher de 74 anos morreu vítima da variante Delta do coronavírus

  • O caso foi registrado em Piracicaba e confirmado pela Secretaria de Saúde do estado

  • Trata-se de primeira morte confirmada em São Paulo pela cepa indiana

A Secretaria de Saúde de São Paulo confirmou nesta terça-feira a primeira morte por variante Delta no estado. A informação foi divulgada inicialmente pela GloboNews.

O óbito registrado pela cepa indiana do coronavírus foi de uma senhora de 74 anos, de Piracicaba.

Leia também:

Segundo informações do G1, a mulher havia tomado as duas doses de vacina da Covid-19, mas tinha comorbidades.

A Vigilância Epidemiológica de Piracicaba revelou a morte pela variante Delta na última segunda-feira, mas somente nesta terça a informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do estado.

Variante Delta é a mais contagiosa registrada até o momento - Foto: Getty Images
Variante Delta é a mais contagiosa registrada até o momento - Foto: Getty Images

Mais contagiosa, a variante Delta foi identificada inicialmente na Índia e começa a se alastrar pelo Brasil. No Rio de Janeiro, por exemplo, ela causou a lotação de UTIs em diversas cidades do estado e provocou o adiamento da flexibilização prevista.

Números da Delta em São Paulo

Em São Paulo, o avanço tem sido mais lento, mas agora fez sua primeira vítima. Na capital do estado, a Delta já corresponde a 43% dos casos de Covid-19, segundo informações da prefeitura divulgadas na semana passada.

O relatório aponta que desde que a variante Delta foi identificada pela primeira vez, em julho de 2021, já são 405 casos na capital paulista. A cepa é a mais contagiosa identificada até o momento.

O aumento de casos da variante Delta acontece ao mesmo tempo que o estado de São Paulo relaxou ainda mais as medidas contra o coronavírus, acabando com restrição de horários para funcionamento do comércio e do setor de serviços e com a restrição de capacidade nos locais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos