São Paulo organiza evento com aglomeração de 4 mil diretores de escolas

·2 minuto de leitura
Aglomeração foi registrada em evento da Educação em SP - Foto: Arquivo Pessoal
Aglomeração foi registrada em evento da Educação em SP - Foto: Arquivo Pessoal
  • Secretaria de Educação de São Paulo realiza evento com cerca de quatro mil diretores de escolas

  • Segundo os participantes, tem havido aglomeração e falta de lugares para sentar

  • A secretaria explicou-se e garantiu que haverá uma nova distribuição de pessoas para palestras restantes

A Secretaria Estadual de Educação de São Paulo está realizando esta semana um evento com a participação de quatro mil diretores de escolas. Imagens e relatos dão conta de que o encontro está acontecendo com aglomeração, mesmo ainda em meio à pandemia de Covid-19.

Diretores que participam do evento disseram ao UOL que não há distanciamento social entre os presentes e que tem sido bastante difícil encontrar cadeiras para se sentar. Eles reclamam, também, de falta de água.

Leia também:

A solenidade teve início na última quarta-feira (29) e terminará nesta sexta (1º), com intuito de discutir o Novo Ensino Médio. Mas, segundo alguns participantes, nenhuma novidade foi apresentada e nem havia a necessidade de realização presencial do encontro. “Poderia ser uma live”, disse um deles ao UOL.

O governo de João Doria (PSDB) liberou a realização de eventos sem restrição de público no dia 17 de agosto, desde que sejam cumpridos protocolos como distanciamento social, uso de máscaras e de álcool em gel.

Diretores reclamaram da necessidade de presença no evento - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Diretores reclamaram da necessidade de presença no evento - Foto: Reprodução/Redes Sociais

A presidente do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) e deputada federal pelo PT, Maria Izabel Azevedo Noronha, enviou representação ao Ministério Público cobrando explicações sobre o encontro.

Ela considerou que o evento tem viés “eleitoreiro” e que a secretaria de educação está ignorando as quase 600 mil mortes por Covid-19 no país.

Explicações da secretaria

Ao UOL, a Secretaria Estadual de Educação afirmou que a organização exige uso de máscaras e controla fluxo de entrada, com aferição de temperatura, dos participantes. Garantiu, também, que os encontros desta quinta e sexta teriam nova distribuição de pessoas.

"Outro auditório será usado para que parte do público acompanhe o evento por meio de um telão, garantindo o distanciamento entre os participantes", comentou.

A pasta apontou, ainda, que o evento é "técnico para alinhar a implementação do Ensino Médio de SP, a partir da BNCC e Currículo Paulista para diretores do Ensino Médio".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos