São Paulo promete ação contra Adidas após erros em camisa 2

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Atletas do São Paulo apresentam a nova camisa 2 para a temporada (Divulgação/Adidas) (Divulgação/Adidas)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O lançamento da camisa 2 do São Paulo, na manhã desta sexta-feira, se tornou mais um episódio da briga entre o clube e a Adidas, fornecedora de material esportivo. É que o novo modelo chegou às mãos do Tricolor cheio de pequenos problemas.

“Estamos cientes desses casos e vamos tomar as medidas cabíveis”, afirmou Eduardo Toni, executivo de marketing do Tricolor, depois de ser avisado de erros no patch e no acabamento da camisa, que apresenta listras desproporcionais, de um modelo para outro.

Leia também:

Falta de padrão no tamanho das faixas foi um dos problemas encontrados pelo Tricolor (Reprodução)
Falta de padrão no tamanho das faixas foi um dos problemas encontrados pelo Tricolor (Reprodução)

As falhas não são motivo para o pedido de rescisão do contrato, que só se encerra em dezembro de 2023, mas o São Paulo promete enviar uma notificação judicial à Adidas. O Blog ainda não conseguiu resposta da empresa alemã sobre a falta de padrão.

Vale lembrar que Tricolor e Adidas não se entendem desde o começo da Era Julio Casares, em janeiro do ano passado. A fornecedora de material esportivo já cometeu inúmeras mancadas, e as piores foram vistas nas últimas semanas, com a falta de peças da coleção de 2022.

É por isso que Rogério Ceni já foi visto usando camisa de 2019 e um agasalho de outra fornecedora de material esportivo. O calção de treinos de 2022, por exemplo, nunca chegou. Assim, o elenco trabalha no CT com camisa nova e calções do ano passado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos