São Paulo recebe carregamento recorde da CoronaVac

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Lote da CoronaVac em Viracopos (Foto: Governo de SP)
Lote da CoronaVac em Viracopos (Foto: Governo de SP)

O governo de São Paulo recebeu na manhã desta véspera de Natal um carregamento de 5,5 milhões de doses da CoronaVac - é a maior remessa do imunizante já desembarcada no Brasil.

A vacina contra o novo coronavírus, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, ainda precisa de aprovação Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As doses chegaram no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), por volta de 5h30. O desembarque contou com a presença do secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, e do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

A programação do governo paulista é que até o dia 31 de dezembro sejam recebidas 10,8 milhões de doses da CoronaVac no Brasil.

Na quarta-feira, o Palácio dos Bandeirantes adiou novamente a divulgação detalhada dos testes da vacina, Dimas Covas afirmou, no entanto, que a segurança do medicamento já havia sido demonstrada em fases anteriores, O secretário Gorinchteyn reafirmou que, apesar do atraso, a vacinação em São Paulo, começara em 25 de janeiro, data do aniversário da capital paulista.