São Paulo teve futebol de rebaixado contra o Grêmio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Rogério Ceni escalou mal o time e viu o SP ser atropelado pelo Grêmio. Foto: Pedro H. Tesch/AGIF
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Rogério Ceni
    Futebolista brasileiro

O São Paulo deu vexame e foi atropelado pelo Grêmio, na derrota por 3 a 0, em Porto Alegre. A noite ruim começou na escalação de Rogério Ceni com três zagueiros, Gabriel Sara como ala direito e Benítez no meio-campo. O treinador tirou Sara do meio, onde ele foi destaque nas últimas partidas, para deixá-lo encostado na lateral. Um erro absurdo. 

Desde o início do jogo, parecia que o SP lutava para não cair e que o Grêmio brigava pela Libertadores. O time gaúcho foi muito mais competitivo, vibrante e intenso. O resultado saiu barato para o SP, que escapou de uma goleada histórica. 

No intervalo, Ceni tentou arrumar a equipe, com Igor Vinícius e Marquinhos, recolocando Gabriel Sara no meio-campo. Não adiantou. O SP seguiu lento, disperso e descompromissado, perdendo todas as divididas. Rigoni foi patético e Calleri está sem força. 

Na reta final, o terceiro gol de Jonathan Robert, batendo do círculo central e encobrindo Volpi, selou uma partida vergonhosa do SP. 

Agora, com 45 pontos, o SP pode se complicar na parte de baixo da Série A, se o Athletico derrotar o Cuiabá, o Juventude bater o Fortaleza e o Atlético-GO passar pela Chape, todos os confrontos nesta sexta-feira. 

O tricolor enfrenta Juventude e América-MG, nas duas últimas rodadas. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos