Sapo raríssimo supostamente extinto inspira relógio ‘arco-íris’

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Sapo arco-íris
Sapo arco-íris
  • Sapo arco-íris de Bornéu foi redescoberto em 2011.

  • Acreditava-se que ele havia sido extinto há 87 anos.

  • Descoberta inspirou criação de relógio de edição limitada.

Uma descoberta colorida – e muito importante – sacudiu a comunidade científica que se dedica aos estudos dos anfíbios, em 2011: a redescoberta de uma espécie de sapo raríssima, o Sapo Arco-Íris de Bornéu.

Leia também:

A descoberta é importante pois se acreditava que esse tipo de animal estava extinto havia 87 anos. O autor do achado foi o pesquisador Indraneil Das.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Agora, um time de designers da marca de relógios G-Shock fez uma homenagem ao sapo encontrado vivo, por meio de uma edição especial tão colorida quanto o animal.

As informações são de reportagem da agência de notícias Bloomberg.

G-Shock inspirado em sapo que cientistas achavam que estava extinto
G-Shock inspirado em sapo que cientistas achavam que estava extinto

Resenha de quem conhece

Os autores da reportagem enviaram um modelo do relógio para o professor Indraneil Das, o redescobridor do precioso anfíbio, para que ele pudesse compartilhar suas impressões sobre o modelo inspirado em seu objeto de estudo.

“Eu acho que essa é uma boa homenagem à proteção dos anfíbios, e ao fato de que descobertas científicas legais podem fazer o público geral – pessoas fora do ambiente científico – se interessar por nós”, disse Das à publicação.

“Eu acho que é uma ideia fantástica promover uma espécie ameaçada dessa maneira.”

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube