Sargento é preso suspeito de matar ex-namorada de 19 anos, em Belém

·2 min de leitura
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
  • Caso aconteceu no dia 11 de novembro

  • Família diz que homem era violento e não aceitava término

  • Polícia Civil ainda investiga o caso

Um sargento do Exército se apresentou no 2º Batalhão de Infantaria e Selva em Belém (PA) nesta segunda-feira (22), acompanhado da mulher e do advogado, após ter um mandado de prisão emitido contra ele, suspeito de matar a jovem Édrica Moreira, de 19 anos.

O suspeito é ex-namorado da vítima e não aceitava o fim do relacionamento, segundo a família. O caso é investigado como feminicídio pela Polícia Civil do Pará.

Édrica foi atingida por três tiros na noite do dia 11 de novembro, por volta das 22h. Ela e uma amiga havia saído para jantar e foram abordadas na volta para casa por um homem que saiu de um carro e anunciou um assalto. A jovem faleceu no hospital quatro dias depois.

De acordo com uma nota do Comando Militar do Norte, o sargento está detido em uma unidade prisional do Exército à disposição da Justiça.

“A instituição reforça que não compactua com quaisquer atos de violência, repudia todos os tipos de desvio de conduta e irá acompanhar as investigações dos órgãos competentes”, afirma a nota.

A família da jovem se mobilizou nas redes sociais pela prisão do suspeito. O Exército afirma que ele estava de férias no momento em que ocorreu o crime.

Ainda de acordo com a família, depois de terminarem o namoro, Édrica chegou a pedir medida protetiva contra o sargento, pois já havia sofrido violência física nas mãos dele.

Dentro do veículo, que está na Seccional da Cabanagem, onde o caso está sendo investigado, agentes localizaram uma arma, que irá para perícia para verificar se foi utilizada no crime.

O responsável é o delegado Francisco Adriano Costa. "Agora com o mandado de prisão cumprido, vamos concluir o Inquérito policial e submeter à justiça", disse por meio da assessoria da polícia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos