Coronavírus: Ministério da Saúde gasta 29% do previsto para a pandemia, diz TCU

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Yahoo Notícias - A África e a Ásia foi onde surgiram, respectivamente, o ebola e o novo coronavírus. Outras enfermidades podem vir destes
Yahoo Notícias - A África e a Ásia foi onde surgiram, respectivamente, o ebola e o novo coronavírus. Outras enfermidades podem vir destes

O Ministério da Saúde gastou somente 29% da verba emergencial para combater o novo coronavírus desde março, segundo auditoria do Tribunal de Contas da União. As informações são da Folha de S.Paulo.

Dos R$ 38,9 bilhões prometidos, R$ 11,4 bi saíra dos cofres até 25 de junho. Nesse período o Brasil já registrava mais de 55 mil mortos pela pandemia e 1,2 milhão de casos de covid-19.

Leia também

Tanto despesas feitas pelo Ministério da Saúde quando as transferências realizadas a estados e municípios ficaram muito longe do previsto e ideal.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Do lado da Saúde, os pagamentos foram apenas 11,4% do planejado. Estaduais receberam 39% do dinheiro prometido e os municípios, 36%.

Em razão do ritmo da aplicação dos recursos, o Ministério Público Federal abriu inquérito para apurar a lentidão na execução desse orçamento especial, além de uma possível omissão no socorro a estados e municípios.

A auditoria do TCU é a segunda feita para acompanhar a execução de gastos no combate ao novo coronavírus.

Na primeira vez, o tribunal apontou atraso no cronograma de distribuição de respiradores comprados.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.