Planos de Biden de aumentos de impostos e gastos vão impulsionar lucros, diz Yellen

·2 minuto de leitura
Secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen

Por David Lawder

WASHINGTON (Reuters) - A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, tentou vender os planos de infraestrutura e aumento de impostos corporativos de 2,2 trilhões de dólares do presidente Joe Biden para a Câmara de Comércio dos EUA nesta terça-feira, dizendo que as propostas vão melhorar a lucratividade e a competitividade das empresas norte-americanas.

Yellen disse em uma conferência online da Câmara que os investimentos em infraestrutura do Plano de Emprego Americano (American Jobs Plan) trariam uma recompensa direta para o povo norte-americano, criariam empregos e simplesmente "devolveriam a alíquota de imposto corporativo aos padrões históricos".

"Estamos confiantes de que os investimentos e as propostas tributárias do Plano de Emprego, na forma de um pacote, vão aumentar a lucratividade líquida de nossas empresas e melhorar sua competitividade global. Esperamos que os líderes empresariais vejam dessa forma e apoiem o Plano de Emprego", disse Yellen.

A secretária do Tesouro está defendendo os planos de impostos e gastos de Biden diretamente a uma organização que se opõe profundamente ao aumento da alíquota de tributos corporativos, que foi reduzida de 35% para 21% pelo governo Trump e pelos republicanos no Congresso em 2017. Biden está propondo elevar a alíquota para 28% ao negociar um imposto corporativo mínimo global com as principais economias.

A proposta de Biden vai muito além da infraestrutura tradicional, como estradas e pontes, e se propõe a investir em redes de banda larga, pesquisa e desenvolvimento, modernização de escolas e expansão de creches para levar mais mulheres para a força de trabalho.

Yellen disse que o pacote "compensará o tempo perdido" no investimento em tecnologias de energia renovável e na proteção contra ameaças cibernéticas.

"A transição para uma economia mais verde proporcionará um impulso de várias décadas à economia, criando empregos ao longo do caminho, à medida que o setor privado participa do desenvolvimento de novas tecnologias, novos investimentos e novos produtos que vão impulsionar a transformação econômica global."

Yellen também afirmou que o Plano para Famílias Americanas (American Families Plan) proposto por Biden melhorará a educação desde a primeira infância até a faculdade comunitária para ajudar a construir uma força de trabalho competitiva e combater a pobreza infantil.

O plano seria financiado por aumentos nas taxas de impostos para os norte-americanos mais ricos e impostos mais altos sobre ganhos de capital para aqueles que recebem mais de 1 milhão de dólares por ano.

A secretária do Tesouro disse ainda que, nas áreas de comércio e investimentos, o governo Biden vai lutar pela igualdade de condições e "enfrentar adversários que tiram vantagem ignorando ou abusando das regras e normas de comportamento".