Secretário de Saúde critica Bolsonaro por não usar máscara em visita à Paraíba

FÁBIO ZANINI
·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 03.02.2021 - Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de abertura do ano legislativo no plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 03.02.2021 - Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de abertura do ano legislativo no plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teve rápida passagem por Campina Grande (PB) nesta sexta-feira (19), onde fez escala no aeroporto João Suassuna antes de partir para Pernambuco. Ele cumpriria agenda em Sertânia, no interior pernambucano.

A breve aparição na Paraíba, no entanto, não agradou a todos.

Bolsonaro posou para fotos com simpatizantes no aeroporto. O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (Solidariedade), e seu vice, Romero Rodrigues, também sem proteção, fizeram foto com o presidente.

"Descompromisso com a vida", diz Geraldo Antônio de Medeiros, secretário estadual de Saúde.

"Num momento em que 1.000, 1.200 brasileiros morrem diariamente em decorrência da Covid-19, a exposição de formadores de opinião, sem máscara para a sociedade, representa um desserviço à saúde pública do país", completa.