Secretário do Transporte diz que "irregularidades" em mensagens de segurança causaram paralisação de voos nos EUA

Passageiros aguardam normalização de voos em aeroporto de Chicago, nos EUA

WASHINGTON (Reuters) - O secretário do Transporte dos Estados Unidos, Pete Buttigieg, disse nesta quarta-feira que um problema com "irregularidades" nas mensagens de segurança para os pilotos durante a noite levou a Administração Federal de Aviação (FAA) a emitir uma paralisação nacional que durou cerca de 90 minutos e interrompeu mais de 7.000 voos.

O ocorrido "refletiu um problema de sistema maior", disse Buttigieg à CNN.

Buttigieg disse que a agência ainda precisa descobrir por que as "redundâncias usuais" não impediram o fracasso. O secretário disse que a paralisação no solo foi a "decisão certa" para "ter certeza absoluta de que as mensagens estavam se movendo corretamente". Ele disse que não há evidência direta ou indicação de ataque cibernético e que agora "temos que entender como isso pode ter acontecido em primeiro lugar".

(Reportagem de David Shepardson)