Secretários de Saúde pedem vacina contra Covid para crianças sem comorbidades

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde publicou uma nota pedindo a liberação da vacinação de crianças entre 6 meses e 4 anos de idade contra Covid-19. Até o momento, o Ministério da Saúde só recomenda vacinas nessa faixa etária para quem tem comorbidades.

"O Conass defende a compra imediata de doses suficientes para vacina toda a faixa etária incorporada e a vacinação seja oferecida para esse grupo sem restrições", diz a nota, assinada por Nésio Fernandes de Medeiros Júnior, secretário de saúde do Espírito Santo.

A vacina da Pfizer para essa faixa etária já conta com autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Na nota, o Conass destaca o Boletim InfoGripe, da Fiocruz, referente a 23 a 29 de outubro, que destacou que as crianças de 0 a 4 anos foram "o grupo com maior risco, considerando-se a população até 60 anos de idade".

O Conass cita uma nota técnica de Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) que recomenda a oferta imediata do imunizante para essa faixa da população.

O Ministério da Saúde já deu início à distribuição da vacina da Pfizer, chamada Comirnaty, para crianças de 6 meses a 3 anos que tenham comorbidades.