Secretaria estadual de Saúde do Rio recebe nova remessa da vacina CoronaVac para cobrir 2ª dose pendente nos municípios

·2 minuto de leitura

A Secretaria estadual de Saúde (SES) recebeu do Ministério da Saúde 174.400 doses da vacina CoronaVac, destinadas exclusivamente para aplicação de segunda dose, e 162.400 doses do imunizante Oxford/Astrazeneca, nesta quarta-feira, dia 18. A distribuição das vacinas aos 92 municípios do Estado do Rio acontece hoje e amanhã, dia 19.

A quantidade de doses da CoronaVac recebida foi estabelecida pelo Ministério da Saúde de acordo com o número de unidades necessárias informado pelos 56 municípios do estado que estão com a aplicação da segunda dose atrasada. Já as unidades do imunizante Oxford/AstraZeneca serão distribuídas a todas as cidades para serem utilizadas como primeira e segunda doses.

— Reforço a importância de que os gestores municipais sigam as orientações para a aplicação da vacina ao público alvo indicado, garantindo que a segunda dose seja contemplada. Ainda que as vacinas tenham sido enviadas anteriormente em quantitativo compatível para primeira e segunda dose, ouvimos a demanda dos municípios, reunimos os dados e acionamos o Ministério da Saúde para que essas remessas da CoronaVac atendessem doses em atraso e doses que ainda estão no prazo para serem aplicadas — afirmou o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe.

As cidades do Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo e Maricá retiraram suas doses, na tarde desta terça-feira, na Central Geral de Armazenagem (CGA) do governo do estado, em Niterói. Já para os demais municípios a entrega dos lotes está prevista para ser realizada nesta quarta-feira, dia 19.

Sobre a imunização de grávidas e puérperas com comorbidades, a SES reforçou a orientação do Ministério da Saúde para que sejam imunizadas com a vacina CoronaVac ou o imunizante da Pfizer/BioNTech. É necessária avaliação médica prévia, e um relatório para apresentação no posto de vacinação.

As grávidas e puérperas que tenham tomado a primeira dose da vacina AstraZeneca devem aguardar a definição do protocolo a ser seguido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos