Secretaria estadual de Transporte estuda novo modelo para Barcas, e catamarãs devem voltar a Charitas em janeiro

·1 minuto de leitura

NITERÓi - A concessão do serviço de transporte aquaviário para a CCR Barcas termina em fevereiro de 2023, mas o governo do estado diz que já trabalha para contratar estudos que vão estabelecer os parâmetros de uma nova licitação. O prefeito Axel Grael usou as redes sociais para dizer que está disposto a ajudar, sugerindo que possa haver um modelo com participação dos municípios conectados pelo modal. De acordo com a Secretaria de Estado de Transportes (Setrans), a linha de catamarã Charitas-Praça Quinze permanecerá suspensa apenas enquanto durar o decreto que estabeleceu as medidas de enfrentamento da pandemia, previsto para terminar em dezembro.

Segundo a Setrans, a decisão de suspender o transporte na linha Charitas-Praça Quinze foi baseada nas medidas sanitárias, já que as embarcações que operam neste trajeto são todas fechadas. Devido à pandemia, foi autorizado pela Capitania dos Portos que as embarcações operem com as portas e janelas abertas, para maior circulação de ar. Esse foi o procedimento adotado no trajeto Araribóia-Praça Quinze, que sofreu apenas com a redução de horários.

A Setrans argumenta que não foi possível adotar a mesma medida na linha Charitas-Praça Quinze: “Como as condições de mar são mais conturbadas pela maior proximidade com o mar aberto, essa autorização não se aplica, pois não seria seguro para os passageiros navegar com as portas abertas nesta região. Além disso, no trajeto da linha de Charitas, as embarcações operam com velocidades entre 22 e 25 nós, o que impossibilita a operação de portas abertas”, diz, em nota.

Após o fim do decreto que estabelece as medidas de enfrentamento da pandemia, em janeiro, além do retorno do catamarã em Charitas, os intervalos das viagens da linha Araribóia-Praça Quinze poderão ser reduzidos.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos