Secretaria de Saúde confirma a identificação de cinco pacientes contagiados com variantes do coronavírus no Rio

Lucas Altino
·1 minuto de leitura

RIO — A equipe de Vigilância da Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou a identificação de cinco pacientes, no Rio, contagiados com variantes do Coronavírus. São quatro casos da mutação P1 (oriunda de Manaus) e um da B1 (oriunda do Reino Unido). Entretanto, a SES disse que ainda não é possível afirmar se esses pacientes foram contagiados no Rio, o que signficaria transmissão local, ou em viagens.

O secretário estadual Carlos Chaves e o secretário municipal Daniel Soranz abriram a coletiva de imprensa lamentando a falta de comunicação oficial da Fiocruz às secretarias sobre a identificação das mutações. A informação, disseram, veio pela mídia.

Nova cepa do coronavírus

O Ministério da Saúde informa que, além de Amazonas e São Paulo, essa mutação do vírus já atinge pelo menos Ceará, Espírito Santo, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Roraima e Santa Catarina. E, segundo autoridades de saúde locais, há registros na Bahia e houve um episódio autóctone registrado no Rio Grande do Sul.

O avanço da P1 pelo país é preocupante, pois, segundo cientistas, ela demonstra ser mais transmissível. O principal freio seria a vacinação em massa. Mas a campanha nacional de imunização sofre com a escassez de vacinas.