Secretaria de Saúde de Recife emite alerta epidemiológico por surto de lesões na pele

·1 min de leitura

RIO - A Secretaria de Saúde de Recife (Sesau) emitiu um alerta epidemiológico por conta de um surto de lesões que causam coceira na pele. Unidades de saúde privadas e públicas devem notificar o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) do Recife. Pelo menos 148 pessoas no estado de Pernambuco relataram sofrer das lesões cutâneas que provocam 'caroços' vermelhos. A capital Recife conta com 88 casos e a cidade vizinha de Camaragibe, 60. As idades dos infectados variam entre 2 e 96 anos.

Os dois primeiros casos foram registrados em novembro, em Recife. Até o momento, não foram registrados casos de hospitalizações ou agravamentos da doença.

As unidades de saúde dos dois municípios foram orientadas a notificar os casos suspeitos, e as suas Secretárias de Saúde realizam estudos para tentar esclarecer o que pode estar acontecendo. De acordo com o jornal Folha de Pernambuco, a Secretaria Estadual de Saúde acompanha as investigações e oferece apoio técnico.

A Vigilância de Saúde de Camaragibe investiga as possibilidades de as lesões estarem sendo provocadas por insetos ou contaminação na rede de abastecimento de água na região.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos