Segunda dose de reforço para maiores de 60

A União Europeia recomendou hoje um segundo reforço da vacina da Covid-19 para todas as pessoas com mais de 60 anos. Até aqui, era recomendado apenas para os maiores de 80.

Numa declaração conjunta, o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (CEPCD) e a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) explicaram que a recomendação aplica-se igualmente a todas as pessoas vulneráveis.

"Apelo aos Estados-membros para que ofereçam imediatamente segundas doses de reforço a todos os maiores de 60 anos e pessoas vulneráveis, e apelo a todas as pessoas elegíveis para se apresentarem para a vacinação", disse a Comissária da Saúde da UE Stella Kyriakides.

Em abril, as duas agências de saúde da UE já tinham recomendado este segundo reforço - na maioria dos casos uma quarta dose - para as pessoas com mais de 80 anos, mas avisaram que se poderia seguir uma extensão para as pessoas com mais de 60 anos.

A Europa enfrenta "um aumento dos casos Covid, mas também uma tendência ascendente no número de admissões hospitalares ou de urgências em vários países, principalmente devido à mais contagiosa sub-variante Omicron BA.5", disse Andrea Ammon, diretora do ECDC.

De acordo com o ECDC e a EMA, "nesta fase não há provas claras que justifiquem dar uma segunda dose de reforço aos menores de 60 anos que não estão em maior risco de desenvolver uma forma severa" de Covid-19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos