Segunda onda de coronavírus pode ser ainda pior nos Estados Unidos

·2 minuto de leitura
Mulher com traje de proteção caminha por Nova York em 20 de abril de 2020

Uma segunda onda do novo coronavírus nos Estados Unidos pode ser ainda mais desastrosa porque provavelmente coincidiria com a temporada de gripe, afirmou Robert Redfield, diretor dos Centros de Controle e Prevenção de Doença (CDC).

Redfield pediu aos americanos que se preparem nos próximos meses e que tomem a vacina contra a gripe.

Leia também:

"Existe a possibilidade de que o ataque do vírus em nossa nação no próximo inverno seja realmente mais difícil do que o que acabamos de atravessar", declarou Redfield em uma entrevista ao jornal Washington Post publicada na terça-feira à noite.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

"Nós teremos a epidemia de gripe e a epidemia de coronavírus ao mesmo tempo", completou.

Estados Unidos registram mais de 800.000 casos de COVID-19 desde o início da pandemia, de acordo com o balanço da Universidade Johns Hopkins, com quase 45.000 mortes, o maior número para um país.

Bilhões de pessoas no mundo receberam a ordem de permanecer em suas casas nas últimas semanas para tentar evitar o colapso dos sistemas de saúde por uma propagação em larga escala do vírus, altamente contagioso.

Como em muitos outros países, as autoridades americanas encontram dificuldades para garantir o número suficiente de respiradores para os pacientes e equipamentos de proteção para os profissionais da saúde.

Redfield disse que o vírus chegou aos Estados Unidos justamente quando a temporada de gripe, que por si só pode aumentar a pressão sobre centros de saúde, estava se dissipando.

Se as duas doenças tivessem atingido o pico ao mesmo tempo, afirmou ao Post, "poderia ter sido muito, muito, muito difícil" para o sistema de saúde administrar.

Tomar a vacina contra a gripe "pode permitir que exista uma cama de hospital disponível para sua mãe ou avó, caso elas sejam infectadas com o coronavírus".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos