Segundo dia do verão começa com chuva e Rio entra em estágio de mobilização

Marcelo Antônio Ferreira*
·1 minuto de leitura
Márcia Foletto / Agência O Globo

RIO — Depois da estação começar com sensação térmica de 48°C, o segundo dia do verão amanheceu com pancadas de chuva pela cidade, com previsão moderada até o período de ás 11h. O Centro de Operações (COR) da Prefeitura do Rio infomou que o munício entrou em Estágio de Mobilização — segundo nível em uma escala de cinco, que significa que há riscos de ocorrências de alto impacto na cidade.

O clima chuvoso deve se estender ao longo da semana de Natal devido à passagem de uma frente fria. Segundo Marlene Leal, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia do Rio (Inmet), a instabilidade climática deste começo de estação se deve ao aumento do nível da umidade relativa do ar, comum durante o verão, e a incidência do fenômeno La Niña, que consiste no resfriamento da superfície das águas do Pacífico.

— No verão, as temperaturas são bastante elevadas e a umidade relativa do ar é muito alta também, e isso favorece aquelas chuvas que ocorrem no período da tarde, que são chuvas rápidas, acompanhadas de trovoadas, rajadas de vento e, às vezes, granizo. Como estamos na situação do La Niña, as chuvas são bem irregulares para a nossa região, podendo ocorrer meses com mais chuvas e outros, menos chuvosos. Se temos uma frente fria entrando, essa instabilidade fica ainda maior — explica a meteorologista.

Já houve registros de pancadas mais fortes na Tijuca, Zona Norte do Rio, em Santa Teresa, no Centro e em Laranjeiras, na Zona Sul. O Sistema Alerta Rio indica que núcleos de chuva moderada se aproximam na Baía de Sepetiba e se deslocam para a Zona Oeste da cidade.

*Estagiário sob supervisão de Vera Araújo