Segundo o Climatempo, temperaturas vão ficar mais amenas hoje e amanhã

Patricia Espinoza e Priscilla Aguiar
No Arpoador, apesar do tempo nublado, banhistas fogem do calor e aproveitam o mar calmo para jogar bola

RIO — O fim de semana ferveu no Rio. Depois de enfrentar no sábado a terceira maior sensação térmica já marcada na cidade — de 54,8 graus em Santa Cruz —, às 9h da manhã de ontem o carioca encarou 42 graus em Irajá. E às 12h45m, em Guaratiba, a sensação térmica chegou a 46,5 graus. O calor levou uma multidão à praia no fim de semana. Apesar do tempo abafado, o sol deu uma trégua e houve registro de chuva em alguns pontos da cidade.

Diante de tanto calor, a dona de casa Rosimeire Barbosa, moradora de Santa Cruz, teve queda de pressão

— No sábado, não consegui ir a nenhum compromisso. Na rua, senti tonteira e voltei para casa. Esse calor deixa a gente fraco.

Também moradora de Santa Cruz, sem praia por perto, a técnica de enfermagem Gláucia Matos passou o dia na piscina de plástico:

— Só assim para aguentar.

A sensação térmica leva em conta a temperatura, a umidade do ar, a velocidade do vento, entre outros fatores. Ontem, a temperatura máxima registrada foi de 34 graus em Irajá, e a mínima de 22,7 graus no Alto da Boa Vista.

Para Marcelo Pinheiro, meteorologista do Climatempo, a influência de uma massa de ar quente e horas seguidas de sol fizeram a temperatura disparar. O fato não tem, porém, relação direta com a alta da sensação térmica.

— Para fins de estudo, o que é levado em consideração são as temperaturas máximas e mínimas. A sensação térmica é uma curiosidade, um dado que depende de muitas variáveis — diz.

Ainda segundo especialistas, novos episódios de calor intenso irão se repetir neste verão, que será marcado também por chuvas frequentes e volumosas.

— Essa deve ser a maior preocupação do carioca. Principalmente em fevereiro, quando estão previstos os maiores índices pluviométricos — alerta Pinheiro.

Nos próximos dias, as temperaturas ficarão mais amenas, mas na quarta-feira e na quinta voltam a subir.